Clique e assine a partir de 9,90/mês

Taylor Swift, a ‘falsiane’, é acusada de promover supremacia branca

Lançado antes do VMA, o criticado clipe de ‘Wildest Dreams’ é visto como retrato da supremacia branca no continente negro

Por Da Redação - 2 set 2015, 17h45

Os esforços de Taylor Swift para ser vista como querida por todos parecem ter começado a gorar. E começam a crescer as suspeitas de que ela não passa de uma “falsiane”, como se fala nas redes sociais. Depois de ser acusada de despejar o septuagenário ator Ian McKellen, o Gandalf de Senhor dos Anéis, a cantora enfrenta críticas pelo clipe de Wildest Dreams, visto como uma elegia à colonização da África pelos europeus, além de um retrato estereotipado do continente. As cenas mostram Taylor gravando um filme, que parece acontecer durante os anos 1950 ou 1960, em uma savana africana. O vídeo foi lançado instantes antes do Video Music Awards (VMA), no domingo passado.

LEIA TAMBÉM:

VMA 2015: a festa das pazes – ou da hipocrisia

Taylor Swift canta ‘You Oughta Know’ com Alanis Morissette

No topo desde 2014, disco de Taylor Swift ainda é o mais vendido neste ano

O site americano Huffington Post chamou atenção para a contramão que o clipe segue em relação ao atual cenário pop. Em vez de se apropriar de elementos culturais do local onde estava gravando, Taylor preferiu retratar um domínio europeu na região, segundo o artigo. Além disso, o jornal inglês The Guardian chamou atenção para o fato de não haver nenhum negro no clipe, apenas brancos e animais selvagens, o que poderia representar racismo. Já o site Daily Dot lembrou que não é a primeira vez que Taylor sofre criticas desse tipo. O clipe de Shake It Off levou o rapper Earl Sweatshirt a dizer que a cantora perpetuava “estereótipos negros”.

Safe & Sound (2011)

A música foi gravada para a trilha sonora do filme Jogos Vorazes em parceria com a dupla de folk The Civil Wars, formada por Joy Williams e John Paul White.

Tim McGraw (2006)

A música é o primeiro single de seu álbum estreia, Taylor Swift, lançado em 2006. O título da canção se refere ao cantor de country Tim McGraw, famoso nos Estados Unidos.

 

Love Story (2008)

Faixa de seu segundo álbum de estúdio, Fearless, de 2008, a música foi responsável pelo início do sucesso internacional da cantora e se tornou um dos singles mais vendidos de todos os tempos.

 

White Horse (2008)

Continua após a publicidade

Também faixa do álbum Fearless, a canção rendeu dois prêmios no Grammy de 2010 nas categorias de melhor música country e melhor performance country feminina.

 

 

You Belong With Me (2009)

Das três indicações que recebeu ao Grammy de 2010 (Gravação do Ano, Música do Ano e Melhor performance feminina de música pop), a música não levou nenhum desses prêmios para casa, perdendo para Kings of Leon na primeira categoria e para Beyoncé nas outras duas.

 

Back to December (2010)

A canção é o segundo single no terceiro álbum da americana, Speak Now (2010). Alguns dizem que a música foi escrita para pedir desculpas a seu ex-namorado, o ator Taylor Lautner, o lobisomem da saga Crepúsculo.

 

Mean (2011)

Faixa de seu terceiro disco, a canção ganhou os prêmios do Grammy de 2012 nas categorias de melhor canção country e melhor performance country solo.

 

https://youtube.com/watch?v=NGPyZ7vVO_o

Long Live (2012)

A canção é um dueto entre Taylor Swift e a cantora sertaneja Paula Fernandes, lançado no início deste ano.

 

Continua após a publicidade
Publicidade