Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Tarantino compra cinema histórico de Los Angeles ameaçado pela pandemia

Vista Teathre estava fechado desde março de 2020 e aguardava subsidio do governo para voltar a receber o público

Por Amanda Capuano Atualizado em 5 jul 2021, 17h48 - Publicado em 5 jul 2021, 17h17

O cineasta Quentin Tarantino anunciou em entrevista ao podcast Armchair Expert nessa segunda-feira, 5, que comprou o Vista Theatre, cinema clássico de Los Angeles que corria risco de fechar em razão da pandemia de coronavírus. “Provavelmente vamos reabrir na época de Natal. E de novo: apenas filmes. Não será uma casa de reprises”, declarou ele. Dono do cinema New Beverly desde 2007, Tarantino se referiu à nova aquisição como a “joia da coroa”, mas o valor da negociação não foi divulgado até o momento.

Nos quase 100 anos de existência, o cinema passou por altos e baixos, mas só fechou as portas para valer durante a pandemia. Mesmo com a maior parte das restrições já suspensas nos Estados Unidos, o local de 400 lugares está entre as 20% das salas que não conseguiram voltar a receber público desde março de 2020. Em entrevista ao Los Angeles Times, Lance Alspaugh, que esteve à frente do prédio histórico desde 1988, e se tornou proprietário em 1997, disse ter aplicado para o programa de apoio às artes lançado o ano passado para auxiliar os pequenos negócios afetados pela pandemia. Os estabelecimentos podem receber uma ajuda de até 45% do valor da renda perida, tendo como base o valor arrecadado em 2019. A média do subsídio, segundo o L.A Times, fica em US$ 740.000, mas a distribuição têm sido lenta. “Não podemos fazer nada até sabermos que temos o subsídio do governo. É ruim que todos tenhamos que esperar, que esteja tão lento quanto tem sido”, informou à publicação em junho.

Inaugurado em outubro de 1923, o Vista, anos antes, atendia pelo nome de Lou Bard Playhouse e era palco de apresentações do teatro Vaudeville, gênero famoso nos Estados Unidos por misturar diversas atrações artísticas. Ainda no ano de inauguração, o local, posteriormente rebatizado como Vista, estreou o filme Tips, protagonizado pela então atriz mirim Baby Peggy, umas das três maiores estrelas infantis do cinema mudo americano.

De lá para cá, o prédio de arquitetura peculiar, inspirada no visual egípcio, se consolidou como parte da cultura da cidade. Localizado na região de Sunset Boulevard, o cinema é conhecido por abrigar uma “calçada da fama” própria, com as mãos do elenco de produções que já passaram por ali, como Ed Wood, de Tim Burton, o famoso terror Poltergeist, e a própria Baby Peggy, que deixou sua marca em 2005, quando tinha 91 anos. Tarantino tem uma relação própria com o local: no filme Amor à Queima-Roupa, de 1993, escrito pelo diretor, o encontro no cinema dos personagens de Christian Slater e Patricia Arquette foi filmado no local.

Além do projetor digital típico aos cinemas atuais, o local ainda abriga um projetor vintage que reproduz filmes em 35 milímetros, o que atrai cineastas saudosos. Em 2014, por exemplo, Interstelar, do aclamado diretor Christopher Nolan, estreou no Vista uma semana antes do lançamento apenas para ser projetado em 35 milímetros.

Vista
Sarah Jessica Parker e Martin Landau, do elenco de Ed Wood, registrando as mãos no Vista Theatre Arquivo/Getty Images
Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)