Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Studio Burger faz o melhor hambúrguer de Goiânia

A lanchonete conquistou o paladar do júri com combinações nada convencionais

Por Camila Sayuri, Eula Lôbo, Geovane Gomes, Juliana Koch, Natália Ribeiro, Vinicius Tamamoto e Yuri Lopes Atualizado em 28 out 2017, 12h48 - Publicado em 28 out 2017, 04h00

Quando concluiu o curso de gastronomia, em 2013, o chef Lucas Cabral tinha em mente dedicar-se às cozinhas da Ásia. Tanto é que fez logo em seguida uma viagem de três meses por aquele continente. Na volta, porém, decidiu apostar nos sanduíches. “Hambúrguer é uma receita que agrada a diferentes culturas em todo o mundo, não seria diferente por aqui”, explica o cozinheiro de 27 anos, que calcula ter visitado mais de trinta países. Em sua lanchonete, ele mantém um cardápio enxuto, com sete opções fixas, que são renovadas com frequência. Sempre muito pedido, o cabral da peste (R$ 29,00) é composto de um disco de 180 gramas de fraldinha, queijo de coalho, maionese de limão-china, pimentas secas, cebola caramelizada, tomate- cereja e manjericão. Na finalização, ainda vai melaço de cana com gengibre e cachaça. Outro lanche de sucesso por ali é o badass (R$ 24,00), com a carne mais cheddar, bacon, fios de cebola empanados e os molhos barbecue, teriyaki e da casa, esse último inspirado no clássico aïoli. Por mais R$ 18,00, os apetitosos sandubas podem ganhar a companhia dos onion strings, fios de cebola empanados e servidos crocantes e sequinhos. Para matar a sede, quatro torneiras derramam chopes artesanais, como os da marca Colombina em estilos IPA, lager e weiss (R$ 9,50 cada um; 300 mililitros). No arremate, faz sucesso a sobremesa ice burger (R$ 19,00), um pão do tipo bomboloni quentinho que vem com duas bolas de sorvete, castanha-de-caju, Ovomaltine, chantili e coberturas de caramelo e chocolate. Rua T-37, 3000, Setor Bueno (180 lugares), (62) 4101-4206. 18h/22h30 (sex. e sáb. 18h/23h30; dom. 17h30/23h). Aberto em 2014. Aqui tem iFood.

2º lugar: Lifebox Burgers, Steaks and Shakes
A hamburgueria moderninha, com ambiente de tijolos aparentes, escritos em giz e lâmpadas de filete, reformulou o cardápio em 2016 e passou a oferecer opções mais elaboradas. Com as novidades, acabou em segundo lugar na eleição de melhor hambúrguer da capital. Entre as novas receitas está o sanduíche retrô (R$ 29,00), no qual são reunidos um hambúrguer de 180 gramas de carne da raça angus, empanado e frito, salada, queijo e molho. Para acompanhar a comilança, faz sucesso o milk-shake de leite Ninho (R$ 15,00, 400 mililitros). Os que estão de dieta podem pedir a salada com alface, cebola, batata inglesa e molho de amêndoas (R$ 26,00). Rua R-11, 1056, Setor Oeste, (62) 3432-9726. 18/0h. Avenida E, 2-46, Jardim Goiás, (62) 3432-9726 (246 lugares). 18h/6h. Aberto em 2014.

3º lugar: Bahrem Burger e Grill
O b.b. chipotle (R$ 28,00) lidera a lista dos pratos mais vendidos. Nele, uma fatia de bacon envolve um hambúrguer da raça angus que vem com molho picante, mussarela, cebola crispy, alface e tomate no pão brioche. Além dele, dezoito sugestões de hambúrguer e mais um menu de carnes, massas e petiscos compõem o cardápio. Nos fins de semana, a casa abre para almoço. Durante a happy hour, chope Brahma e drinques são vendidos pela metade do preço — eles podem escoltar a porção de disquinhos de carne (R$ 14,00). A lanchonete ficou em terceiro lugar na categoria melhor hambúrguer. Rua 1133, 146, Setor Marista, (62) 3998-5212 (310 lugares). 17h/0h (sáb e dom. 12h/1h). Avenida Deputado Jamel Cecílio, quadra B 21, loja 7, Jardim Goiás. Não tem telefone. 17h/6h (seg. e dom. 17h/3h). Aberto em 2016.

Continua após a publicidade

Publicidade