Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Stallone teria abusado de jovem de 16 anos em 1986

Tabloide divulgou o boletim de ocorrência da época, no qual a jovem narra que foi forçada pelo ator a praticar atos sexuais com ele e seu guarda-costas

Por EFE Atualizado em 16 nov 2017, 20h34 - Publicado em 16 nov 2017, 20h29

Sylvester Stallone foi acusado, em 1986, de abusar sexualmente de uma jovem de 16 anos durante as gravações do filme Falcão – O Campeão dos Campeões, em Las Vegas. Segundo o jornal britânico Daily Mail, que teve acesso ao boletim policial da época e o publicou nesta quinta-feira, o ator, então com 40 anos, teria convencido a adolescente a ir ao seu quarto no Hilton Hotel e a obrigado a fazer sexo com ele e também com seu guarda-costas, Mike De Luca.

A jovem passava alguns dias no hotel com a família. Ela foi apresentada a Stallone pelo ator David Medenhall, que interpretava o filho do protagonista. No início, a jovem fã permitiu a paquera, mesmo após revelar sua idade. Por isso, aceitou quando De Luca a ofereceu uma chave de quarto, onde deveria aguardá-lo.

Seu desconforto começou quando o segurança juntou-se a eles e o ator a coagiu a fazer sexo oral no amigo. No boletim da polícia, ela conta que se sentiu “muito incomodada”, mas avaliou que “não tinha escolha”. De Luca também a penetrou em seguida. Depois, Stallone teria ameaçado agredi-la caso contasse a alguém, pois os dois homens eram casados.

O detetive aposentado John Samolovitch, que comandava na época da denúncia a unidade contra assédio sexual da Polícia de Los Angeles, confirmou ao Daily Mail a autenticidade do documento. O jornal tentou contatar o ator, mas não obteve resposta. Já o guarda-costas foi morto a tiros pela polícia em 2013, durante um incidente de trânsito na Califórnia. A jovem, contudo, não levou o processo adiante, pois teve medo.

Cena do filme ‘Falcão – O Campeão dos Campeões’ (1987) //Divulgação
Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)