Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Site americano contabiliza as aventuras sexuais dos personagens de ‘Friends’

Joey era o garanhão da turma; Phoebe Buffay, personagem de Lisa Kudrow, foi a que mais teve parceiros entre as mulheres: 16

Por Da Redação 28 jul 2011, 16h12

O site americano splitsider.com fez um levantamento do comportamento sexual dos personagens da série Friends e concluiu que o espalhafatoso Joey Tribbiani foi o mais alcoviteiro de todos. O personagem do ator Matt Le Blanc teve 17 parceiras ao longo das 10 temporadas do programa. No total, os seis amigos tiveram 85 parceiros sexuais em 236 episódios.

Profundo, o levantamento tratou também de qualificar a vida sexual de cada um. Joey Tribbiani, por exemplo, se confirmou um parceiro volúvel: apenas 23,5% de suas investidas amorosas resultaram em um relacionamento duradouro. O resultado não chega a impressionar, visto que eram poucas as mulheres que resistiam ao bordão “How you doing?”, marca do personagem.

Ross Gellar (David Schwimmer’s) e Phoebe Buffay (Lisa Kudrow) disputam o segundo lugar no ranking amoroso dos seis amigos que protagonizam a série, com 16 parceiros cada um. Mas, se o critério de desempate fosse o número de casamentos, Ross com certeza sairia campeão, já que subiu ao altar três vezes. A desencanada Phoebe foi menos comprometida: de suas conquistas, só 37,5% se transformaram em relacionamentos.

Já Rachel Green, interpretada por Jennifer Aniston, foi a mais namoradeira: de seus 14 casos, 71,4% se tornaram namoros mais longos, entre eles seu eterno romance com Ross, com quem teve uma filha. Atrás dela, vem Monica Gellar (Courteney Cox) e seus 13 parceiros, que incluem Richard (Tom Selleck), e Peter Becker (Jon Favreau).

Na lanterninha dos relacionamentos amorosos, está Chandler Bing (Matthew Perry), com 9 parceiras, entre elas a dona da voz anasalada e irritante Janice, e a amiga Monica, com quem esteve envolvido nas últimas temporadas da série.

A sitcom Friends, sobre um grupo de amigos de Nova York, foi exibida entre 1994 e 2004 e se tornou um fenômeno mundial de audiência.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês