Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Sindicato faz protesto contra André Rieu em São Paulo

Instituição alega haver irregularidades no contrato dos shows do maestro holandês, que se apresenta a partir desta sexta, em São Paulo. Contratante nega

Por Da Redação 3 out 2014, 17h14

Integrantes do Sindicato dos Músicos no Estado de SP foram até o Hotel Hilton Morumbi, em São Paulo, às 15 horas desta sexta-feira, para exigir prestação de contas da turnê do maestro holandês André Rieu na cidade. As apresentações devem acontecem entre 3 a 12 de outubro, no Ginásio do Ibirapuera.

Leia também:

André Rieu e o velho debate da cultura como entretenimento

André Rieu mostra por que é popstar da música clássica em show em SP

Em um comunicado divulgado na manhã de hoje, anunciando a manifestação, Gerson Tajes, presidente do Sindicato, afirma que a contratante de Rieu, a Poladian Produções, apresenta um cachê subfaturado do maestro e de seus músicos para pagar menos impostos, bem como a taxa que o sindicato deveria receber.

Entretanto, de acordo com a assessoria da produtora, todas as alegações feitas pelo sindicato são falsas.

*Atualização, às 18h: Segundo o coordenador de comunicação do Sindicato dos Músicos no Estado de São Paulo, Marcos Santos, as duas partes chegaram a um acordo após a manifestação realizada na tarde desta sexta e o valor, antes repassado pela Poladian Produções como 60 000 reais por show, foi acrescido por uma quantia não revelada. A produtora foi novamente procurada pela reportagem, mas nenhum representante foi encontrado para comentar o caso. A reportagem também buscou falar com o advogado da Poladian, que não retornou ao chamado.

Continua após a publicidade
Publicidade