Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Shows que Morrissey faria no Brasil são cancelados

O ex-vocalista dos Smiths publicou comunicado na internet no fim de semana no qual voltou a falar de uma possível aposentadoria

Por Da Redação 22 jul 2013, 14h00

Os shows que o cantor Morrissey, ex-vocalista do grupo The Smiths, faria no Brasil estão cancelados. De acordo com a produtora Time For Fun (T4F), as apresentações não acontecerão por “motivos pessoais” do músico. Morrisey cantaria no dia 30 de julho em São Paulo, no Credicard Hall; no dia 2 de agosto em Brasília, na Arena Brasília; e no dia 4 de agosto no Rio de Janeiro, no Citibank Hall.

Quem já havia adquirido ingressos para os shows pode solicitar reembolso a partir desta terça-feira. Para compras efetuadas na bilheteria oficial ou ponto de venda, basta dirigir-se ao mesmo local onde a compra foi feita, munido do ingresso, e solicitar o reembolso. Já quem adquiriu via internet ou call center precisa enviar um e-mail com os dados da compra para o endereço sac@ticketsforfun.com.br, com o título “reembolso”.

Os shows que o cantor faria antes de chegar ao Brasil já haviam sido cancelados após ele sofrer uma intoxicação alimentar no Peru. No entanto, as apresentações no Brasil e na Argentina haviam sido mantidas pela produtora. No começo do ano, Morrissey foi diagnosticado com pneumonia, e seu médico recomendou que ele se aposentasse.

Neste domingo, o cantor publicou um comunicado no site True To You no qual falava que os shows haviam sido cancelados, e voltou a falar sobre uma possível aposentadoria. Leia abaixo:

“Fui informado hoje de que a turnê pela América do Sul foi cancelada devido a falta de financiamento. É bem fácil vender ingressos, no entanto, impossível transportar a banda de um local para o outro.

Continua após a publicidade

Em um ano em que tive muitas decepções, esta realmente foi uma das últimas gotas d’água, e não estou sozinho sentindo isso. O futuro não existe mais, e meus pedidos de desculpas agora são tão frequentes que chega a ser ridículo, e eu sou o único a me desculpar porque ninguém mais se incomoda em fazer isso. É agonizante ser responsável por divulgar essa notícia, especialmente quando tudo aconteceu tão inexplicavelmente.

Mas o colapso dessa turnê fecha as cortinas com um baque colossal, e os maiores problemas permanecem tão insolúveis agora quanto em 2009. A conclusão óbvia me olha no espelho. Cancelamentos e doenças sugaram toda a vida em nós, e a única solução sensata parece ser a arte de fazer nada.

Como sempre, peço o seu perdão e ofereço dores de um amor avassalador e gratidão para a banda e para a minha equipe, cuja lealdade vai além de todas as coisas.

Vejo vocês em meus sonhos,

Morrissey”.

Continua após a publicidade
Publicidade