Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Serviço de streaming musical Grooveshark chega ao fim

Site fez acordo com gravadoras após processo por direitos autorais

Por Da Redação
1 Maio 2015, 17h34

Os ouvintes de música on-line receberam uma triste notícia na noite desta quinta-feira. O site de streaming de música Grooveshark foi desativado. Quem entra no antigo endereço do serviço pode ler a carta de despedida da equipe, juntamente com um pedido de desculpas pela violação de direitos autorais.

Há quase dez anos no ar, o site foi alvo de um processo movido por grandes gravadoras americanas, pelo qual a empresa poderia ser condenada a pagar mais de 700 milhões de dólares. “Começamos com o objetivo de ajudar fãs a compartilhar e descobrir música. Apesar das nossas melhores intenções, cometemos erros graves. Falhamos em obter o direito autoral das muitas canções do nosso acervo. Isso foi errado. Pedimos desculpas”, diz o início do comunicado oficial.

LEIA TAMBÉM:

Jay Z lança plataforma para concorrer com Spotify

Continua após a publicidade

Música digital se iguala em vendas ao formato físico

Rede favorita dos artistas, Instagram lança canal musical

O texto também afirma que o fechamento do site faz parte de um acordo firmado com a indústria musical, assim como a entrega do domínio, tanto como endereço eletrônico quanto de aplicativos, patente e licença. Segundo a empresa, a rede teve mais de 20 milhões de usuários. “Quando começamos, havia poucos serviços que ofereciam a experiência que queríamos permitir aos usuários. Por sorte, isso não é mais o caso. Existem inúmeros serviços acessíveis, como Spotify, Deezer, Google Play, Beats Music, Rhapsody e Rdio, entre outros”, diz parte da nota oficial.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.