Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Scarlett Johansson processa Disney por quebra de contrato em ‘Viúva Negra’

Estrela de sucesso da Marvel entrou hoje com uma ação contra a empresa por causa do lançamento simultâneo do longa nos cinemas e no streaming

Por Marcelo Canquerino 29 jul 2021, 15h42

Bomba: a estrela de Viúva Negra, Scarlett Johansson, está processando a Walt Disney Company pelo lançamento simultâneo do filme nos cinemas e no streaming. Segundo informações do Walt Street Journal, a atriz entrou com uma ação contra a gigante do entretenimento nesta quinta-feira, 29, alegando que seu contrato garantia o lançamento exclusivo do longa nos cinemas, com grande parte de seu salário baseado nos lucros de bilheteria – a estreia simultânea no serviço de streaming Disney+ teria lhe causado perdas.

“Não é segredo que a Disney está lançando filmes como Viúva Negra diretamente na Disney+ para aumentar o número de assinantes e, assim, ampliar o preço das ações da empresa — e que está se escondendo atrás da Covid-19 como pretexto para fazer isso. Mas ignorar os contratos dos artistas responsáveis ​​pelo sucesso de seus filmes em prol dessa estratégia míope viola seus direitos e esperamos provar isso no tribunal”, disse em comunicado John Berlinski, advogado de Johansson.

A ação escancara os dilemas vividos pelos serviços de streaming atualmente. A Disney começou a fazer estreias simultâneas em decorrência dos problemas causados pela pandemia, como o fechamento de cinemas e a redução da capacidade dos estabelecimentos, mas também para conseguir aumentar seu número de assinantes no Disney+, relativamente recente – e assim se posicionar na inescapável guerra do streaming, terreno dominado pela rival Netflix. Outras plataformas também apostaram na mesma estratégica – como a HBO Max, com os filmes da Warner. Mas, ao contrário da Disney, a Warner optou por renegociar diversos contratos que, assim como o de Scarlett Johansson em Viúva Negra, estavam vinculados à bilheteria no cinema.

Segundo as denúncias, que correm no Tribunal Superior de Los Angeles, os representantes da atriz foram atrás de renegociar o contrato após tomarem conhecimento de que Viúva Negra teria um lançamento duplo. Tanto a Disney quanto a Marvel ainda não se pronunciaram sobre o caso.

Continua após a publicidade
Publicidade