Clique e assine a partir de 8,90/mês

Saúde de García Márquez é “muito frágil”, informa a família

Em comunicado, esposa e filhos do escritor colombiano pedem por privacidade

Por Da Redação - 15 abr 2014, 09h58

O estado de saúde do escritor Gabriel García Márquez, de 87 anos, é “muito frágil”, contudo ele permanece em quadro estável em sua casa na Cidade do México, afirma um comunicado divulgado pela família e publicado pelo jornal colombiano El Tiempo nesta terça-feira.

“Sua condição é estável, mas se encontra muito frágil e existem riscos de complicações por sua idade”, diz o texto assinado pela esposa Mercedes Barcha e pelos filhos Rodrigo e Gonzalo. O texto, de apenas dois parágrafos, não menciona a informação publicada pelo jornal mexicano El Universal, na última segunda-feira, de que o escritor está com câncer em fase de metástase. “Gabo tem recebido muitas demonstrações de carinho dos amigos e dos meios de comunicação. A família agradece a solidariedade e pede respeito a sua privacidade”, diz o comunicado.

Histórico – O autor colombiano foi internado no início de abril no Instituto Nacional de Ciências Médicas e Nutrição Salvador Zubirán com sintomas de desidratação e infecção pulmonar e das vias urinárias. No dia 8 de abril ele recebeu alta e retornou para casa, na Cidade do México, onde mora com a esposa há mais de 40 anos.

Segundo o jornal El Universal, o câncer linfático diagnosticado no escritor há 15 anos atingiu agora o pulmão, gânglios e fígado. Com os órgãos comprometidos e a idade avançada, a família e os médicos teriam decidido que o escritor não receberá tratamento oncológico e será atendido com “cuidados paliativos” em casa.

Autor de Cem Anos de Solidão, O Amor nos Tempos do Cólera e O Outono do Patriarca, Márquez venceu o Prêmio Nobel de Literatura em 1982 e é um dos criadores da corrente literária conhecida por realismo mágico.

(Com agência France-Presse)

Continua após a publicidade
Publicidade