Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Saiba quais são e como ver os filmes candidatos do Brasil ao Oscar 2019

Ao todo, 22 produções estão habilitadas a concorrer a uma vaga na premiação

Por Raquel Carneiro Atualizado em 27 ago 2018, 14h05 - Publicado em 24 ago 2018, 17h35

A Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura divulgou a lista dos filmes brasileiros habilitados para concorrer à indicação para o Oscar pelo país. Ao todo foram selecionados 22 produções, sendo 18 ficções e 4 documentários. O anúncio do escolhido pela Comissão Especial de Seleção será feito no dia 11 de setembro. Depois, o selecionado será submetido ao crivo da Academia de Hollywood, que seleciona cinco finalistas para a categoria de melhor filme estrangeiro. A festa do Oscar está marcada para o dia 24 de fevereiro de 2019, em Los Angeles.

Alguns dos filmes selecionados pelo MinC estão em cartaz nos cinemas, outros estreiam até o fim do ano, enquanto boa parte já pode ser alugada online, em canais de streaming. Confira abaixo quais foram os filmes inscritos e como vê-los, além de links para resenhas e entrevistas com atores e diretores.

 


O Animal Cordial

De Gabriela Amaral Almeida, o filme de terror estreou no começo de agosto e ainda está em cartaz nos cinemas. Leia mais neste link.


Antes Que Eu Me Esqueça

Do diretor Tiago Arakilian, o filme mescla comédia e drama e mostra a história de reaproximação de um pai e filho. Disponível no Google Play (6,90 reais aluguel), Looke (9,90 aluguel) e Itunes (14,90 aluguel). Leia entrevista com Danton Mello sobre o filme.


As Boas Maneiras

O longa acompanha a relação de uma gestante e a babá, com um elemento sobrenatural. Com direção de Julia Rojas e Marco Dutra. Disponível para aluguel no Now, por 14,90 reais. Confira resenha do filme para assinantes de VEJA.


Aos Teus Olhos

Dirigido por Carolina Jabor, o longa acompanha a história de um professor de natação acusado de pedofilia. Confira no Google Play (6,90 aluguel), Now (14,90) e Itunes (11,90). Confira entrevista com Daniel de Oliveira sobre o filme


Além do Homem

Filme de Willy Biondani fala sobre a identidade brasileira ao acompanhar a história de um escritor que retorna ao Brasil obrigado por uma eventualidade. A produção estreou em junho e chega às plataformas Now, Google Play, Itunes e Looke no dia 5 de setembro.


Benzinho

De Gustavo Pizzi, o filme acompanha de forma sensível a rotina de uma família e o drama de uma mãe que vê o filho mais velho sair de casa. Benzinho chegou aos cinemas nesta quinta-feira, dia 23 de agosto. Leia crítica do filme.


Canastra Suja

O drama mostra a relação de um pai alcoólatra com uma família cheia de segredos. Com direção de Caio Sóh, o filme pode ser alugado por 14,90 reais no Now.


Como é Cruel Viver Assim

A comédia assinada por Julia Rezende mostra um desempregado que tenta ganhar uma grana com o sequestro de um ricaço. O longa estreou em 16 de agosto e continua em cartaz nos cinemas.


Dedo na Ferida

O documentário assinado por Silvio Tendler se propõe a analisar os motivos que provocam a desigualdade social. A produção estreou em maio nos cinemas e está disponível na íntegra no YouTube.


Encantados

No longa de Tizuka Yamazaki uma menina sensitiva conhece uma figura encantada da floresta. Disponível no Now (aluguel 14,90 reais),

Continua após a publicidade

Entre Irmãs

Duas irmãs vivem no agreste pernambucano em 1930, até que uma delas, cansada daquela vida, foge com um cangaceiro. Com direção de Breno Silveira, o filme está disponível para compra no Google Play (por 24,90 reais) e no Now para assinantes do Telecine. Confira entrevista com o diretor.


Ferrugem

Longa de Aly Muritiba mostra o impacto de um vazamento de um vídeo íntimo na vida de um grupo de jovens. Produção entra em cartaz nos cinemas no dia 30 de agosto.


O Grande Circo Místico

Com direção do veterano Cacá Diegues, o filme mostra o passar dos anos e a decadência de uma família circense. A produção está prevista para estrear nos cinemas brasileiros em 15 de novembro. Confira entrevista com o diretor neste link e resenha no vídeo abaixo.


Não Devore Meu Coração

Do diretor Felipe Bragança, o filme acompanha a história de amor entre dois jovens separados por diversos fatores, entre eles a fronteira de dois países. Disponível para aluguel no Now (por 14,90 reais), Google Play (3,90 reais) e no Looke (12,90 reais).


O Desmonte do Monte

De Sinai Sganzerla, o documentário acompanha a história do Morro do Castelo e da estrutura que deu origem ao Rio de Janeiro. O longa continua em cartaz no Rio, no Cine Joia, e em Curitiba, na Cinemateca. Ele será exibido nesta sexta, dia 24, às 22h30, no Canal Curta!, com reprises nos dias 25 (às 02h30 e 10h20); 26 (21h), 27 (16h30) e 28 (10h30).


Paraíso Perdido

Um clube noturno é gerenciado por uma talentosa família, que vive ali amores e agruras. De Monique Gardenberg, o filme pode ser alugado no Now (14,90 reais) e no Google Play (6,90 reais).


Talvez Uma História de Amor

Um homem escuta em sua secretária eletrônica uma mensagem de uma mulher terminando o namoro. Porém, ele não lembra quem é a mulher. A comédia romântica, que tem direção de Rodrigo Spada Bernardo, estreou em junho, mas ainda pode ser encontrada em cartaz em alguns cinemas.


Unicórnio

Com Eduardo Nunes, o drama de tom fantasioso mostra a vida de uma mãe e uma filha que vivem afastadas da sociedade e esperam o retorno do patriarca da família. Leia entrevista com a atriz Patricia Pillar.


Yonlu

Com direção de Hique Montanari, o filme conta a história de um rapaz que possui um grande grupo de amigos virtuais, entre eles uma comunidade suicida. O longa estreia no dia 30 de agosto.


 

Confira a seguir outros filmes candidatos à cobiçada vaga pré-Oscar que ainda não divulgaram a data para chegar ao streaming.

Alguma Coisa Assim

Dois jovens vivem uma noite pelas ruas de São Paulo. De Mariana Bastos e Esmir Filho, o filme estreou em julho e está em pré-venda no iTunes por 24,90. Confira entrevista com a atriz Carol Abras.


O Caso do Homem Errado

Com direção de Camila de Moraes, o documentário mostra o caso do homicídio do operário Júlio César de Melo Pinto por policiais, ao ser confundido com um assaltante. O filme teve uma pequena distribuição em alguns cinemas no começo de agosto e ainda não chegou ao streaming.


Ex-Pajé

O documentário de Luiz Bolognesi acompanha a história da tradição dos pajés, minada pelas religiões cristãs que adentraram as tribos indígenas brasileiras. A produção que passou pelo Festival de Berlim estreou por aqui em abril e ainda não está disponível para aluguel no streaming. Leia entrevista com o diretor.

Continua após a publicidade
Publicidade