Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Rock in Rio lança campanha ‘Eu vou sem drogas’

Atrações nacionais gravam música e clipe, que têm como alvo o público jovem. Peças publicitárias começam a ser veiculadas nesta segunda-feira

Por Da Redação 29 ago 2011, 13h11

Desde os tempos de Woodstock os festivais de rock foram associados ao consumo de drogas. Quatro décadas depois, com o avanço do crack e do oxi, e sem o apelo libertário do movimento hippie, do movimento pacifista, do amor livre, tudo o que um festival não quer é essa imagem. A campanha do Rock in Rio não poderia ser mais explícita. “Eu vou sem drogas” é o slogan de dois filmes publicitários, com duração de 60 e 30 segundos, que começarão a ser veiculados nas emissoras de TV. A campanha terá peças em toda mídia nacional, com anúncios impressos, para a web, spots e um hotsite onde o usuário pode entrar sem se identificar e tirar dúvidas com profissionais da área, além de jogos e informações gerais sobre as consequências do uso das drogas.

As estrelas da ação reuniram-se em um estúdio na zona Sul do Rio de Janeiro para gravar a música tema da campanha. No clipe, eles aparecem com camisetas que remetem ao tema, como: “Eu Vou Sem Drogas”, “Sexo, Atitude e Rock’n’Roll”, “Sexo, família e Rock’n’Roll” e “Sexo, Futebol e Rock’n’Roll”.

Entre músicos e outros artistas, participam Milton Nascimento, Sandra de Sá, Cláudia Leitte, Rogério Flausino (Jota Quest), Toni Garrido (Cidade Negra), Rodrigo Santos (Barão Vermelho), Di Ferrero (NX Zero), Herbert Viana (Paralamas do Sucesso), Eduardo Falaschi (Angra), Ivo Meireles, Emicida, e os atores Marcos Frota, Paola Oliveira e Luiza Valdetaro, Thiago Lacerda e Vanessa Lóes.

A canção foi feita por Eduardo Souto Neto, o mesmo que criou o tema do Rock in Rio – gravado em 1984 pelo grupo Roupa Nova e regravado no ano passado com diversos artistas que vão se apresentar no Rock in Rio 2011.

Continua após a publicidade

A campanha é uma iniciativa é uma parceira com o Ministério da Justiça, através da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (SENAD). De acordo com Roberto Medina, criador do Rock in Rio, a ideia é reforçar a autonomia e independência dos jovens. “Este público não gosta que ditem o certo e o errado, quer ter liberdade para tomar suas próprias decisões. ‘Eu Vou Sem Drogas’ reflete exatamente esta questão e mostra que é possível dizer sem qualquer ajuda que você irá a qualquer lugar que seja sem drogas porque esta é a sua decisão”, afirma.

Universitários e drogas – Em 2010, a SENAD realizou o I Levantamento Nacional sobre Uso de Álcool, Tabaco e Outras Drogas entre Universitários das 27 Capitais Brasileiras com uma amostra de 100 Instituições de Ensino Superior (IES) públicas e privadas e quase 18.000 universitários. O primeiro ponto surpreendente da pesquisa foi a constatação de que o consumo de drogas entre os universitários é mais frequente que na população em geral e estudantes de ensino fundamental e médio.

Dentre os universitários pesquisados, 49% já experimentaram alguma droga ilícita pelo menos uma vez na vida. Cerca de 40% dos universitários usaram duas ou mais drogas nos últimos 12 meses, e ainda 43% relataram já ter feito uso múltiplo e simultâneo de drogas na vida. Desses 43%, 47,8% alegaram como motivação do uso “simplesmente porque gostavam ou porque lhes possibilitava esquecer os problemas da vida”.

VEJA TAMBÉM: HISTÓRIAS DE QUEM JÁ FOI AO ROCK IN RIO

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)