Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Rio libera distanciamento e capacidade máxima em cinemas e teatros

Decreto municipal libera o acesso, que só será possível com a comprovação da vacina e o uso obrigatório de máscara

Por Da Redação Atualizado em 18 out 2021, 16h27 - Publicado em 18 out 2021, 16h12

A partir dessa segunda-feira, 18, os cinemas, museus, teatros e bibliotecas da cidade do Rio de Janeiro poderão funcionar com 100% de capacidade e sem distanciamento social obrigatório. O decreto, publicado nesta segunda-feira, 18, no Diário Oficial do município, altera a determinação anterior de 16 de setembro, que indicava 70% de capacidade e distanciamento mínimo de 1 metro entre os presentes.

Além das atividades culturais, a medida também inclui atividades comerciais e de prestação de serviços dentro de shopping, centros comerciais e galerias de lojas, casa de festas, salão de jogos, circo, recreação infantil, parque de diversões, temáticos e aquáticos, pista de patinação, entretenimento, visitações turísticas, aquários, jardim zoológico, atividades em casas de espetáculos e concertos e apresentações artísticas em espaços de evento, drive-in, feiras e congressos.

O acesso a esses ambientes, porém, segue condicionado ao uso obrigatório de máscara e apresentação do passaporte de vacinação que comprove o esquema vacinal completo. O funcionamento de boates, danceterias e salões de dança segue suspenso até que o município, que tem 59,1% da população totalmente vacinada, alcance 65% com esquema vacinal completo, ocasião em que poderá funcionar com 50% da capacidade.

Continua após a publicidade

Publicidade