Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Regina Casé se defende de críticas da mãe de dançarino

Apresentadora respondeu na internet à fala de Maria de Fátima da Silva, que perdeu o filho DG em abril e acusou a global de ser mentirosa e uma 'farsa'

Por Da Redação 26 nov 2014, 18h53

A apresentadora Regina Casé lançou mão de sua página no Facebook para responder às acusações feitas por Maria de Fátima da Silva, mãe de Douglas Rafael da Silva Pereira, o DG, ex-dançarino do programa Esquenta morto em abril deste ano. Durante um debate da Semana de Reflexões sobre Negritude, Gênero e Raça em Brasília, no dia da Consciência Negra, Maria de Fátima disse que Regina era mentirosa e “uma farsa”, e que a global teria se aproveitado da dor da família para angariar audiência.

O dançarino DG, ao lado de Regina Casé, apresentadora do 'Esquenta'
O dançarino DG, ao lado de Regina Casé, apresentadora do ‘Esquenta’ VEJA

“Nos últimos dias fiquei triste e perplexa acompanhando a repercussão gerada pelas palavras e acusações, muitas delas cruéis e injustas, de Dona Maria de Fátima, mãe do DG”, começa o texto publicado por Regina. “Fizemos tudo o que achávamos correto e digno. Quando fizemos um programa de despedida, foi de coração (…). Estávamos unidos no mesmo sentimento, pois a dor dela é a dor de muitas mães que convivem com a violência.”

Regina Casé ainda ressalta que sempre lutou contra o preconceito e as injustiças sociais e que decidiu responder à fala de Maria em respeito à transparência e à verdade.

Histórico – O corpo de Douglas Rafael da Silva Pereira, de 26 anos, foi encontrado em uma creche na comunidade Pavão-Pavãozinho, no Rio de Janeiro, com marcas de espancamento. Em seu desabafo, Maria de Fátima contou que a equipe da Globo teria “arrancado” sua família de casa 72 horas após a perda.

Eles foram levados ao Projac para participar do Esquenta, onde, segundo a mãe do dançarino, a família teria sido tratada de maneira indelicada e impedida de falar sobre a suspeita de envolvimento da polícia no caso.

Nesta segunda-feira, a Globo emitiu um comunicado, em que diz que “entende a dor de dona Maria de Fátima”, mas que suas afirmações “não têm fundamento”.

Confira a declaração da mãe de DG no vídeo abaixo, a partir de 2h05:

Continua após a publicidade
Publicidade