Clique e assine a partir de 9,90/mês

Record move ação contra Datena

Emissora cobra na Justiça 50 milhões de reais referentes a duas quebras de contrato por parte do apresentador, para quem foi o canal quem não cumpriu acordos

Por Mariana Zylberkan - 24 ago 2011, 17h30

O vem e vai de José Luiz da Datena da Record, em julho passado, culminou em uma briga judicial entre o apresentador e a emissora de Edir Macedo. A Record entrou na Justiça para cobrar duas multas referentes a quebras de contrato por parte do apresentador, num valor total de 50 milhões de reais.

A primeira, avaliada em 25 milhões, é datada de 2003, quando Datena deixou a emissora antes do previsto. Ela seria perdoada com o retorno de Datena ao canal este ano, mas ele não chegou a ficar nem dois meses na emissora dos bispos da Igreja Universal. A segunda multa se refere a esse episódio recente.

O que Datena alega, por meio de seu advogado, José Diogo Bastos, é que seu pedido de demissão é culpa da própria Record. “A emissora violou uma série de cláusulas”, diz Bastos. E não alega apenas para se defender: Datena diz que a Record lhe deve 24 milhões de reais. “Temos argumentos também para impedir a cobrança da primeira multa”, completa Diogo.

Atualmente, Datena comanda o programa Brasil Urgente, na Band. Em sua rápida passagem pela Record, ele apresentou o Cidade Alerta.

Publicidade