Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Quatro curiosidades sobre os sessenta anos do primeiro show dos Beatles

O estopim de uma revolução musical foi aceso no dia 9 de fevereiro de 1961, quando a banda se apresentou pela primeira vez

Por Da Redação Atualizado em 16 fev 2021, 20h53 - Publicado em 12 fev 2021, 06h00

– Repertório
O estopim de uma revolução musical foi aceso no dia 9 de fevereiro de 1961, quando os Beatles se apresentaram pela primeira vez. Quando eles tocaram das 13 às 14 horas no Cavern Club, bar de Liverpool, cidade natal dos integrantes da banda, ainda eram jovens desconhecidos com um repertório de covers de pioneiros do rock como Chuck Berry.

– Formação
A estreia do Fab Four ocorreu como Fab Five — ou seja, em vez dos quatro integrantes da formação clássica da banda, havia cinco músicos no palco do Cavern Club. John Lennon, Paul McCartney e George Harrison estavam lá, acompanhados na bateria por Pete Best (que acabou sendo substituído depois por Ringo Starr). Completava o quinteto debutante o baixista Stuart Sutcliffe. O cachê de 5 libras da apresentação foi dividido em partes iguais entre eles.

– Empresário
Foi a primeira das cerca de 300 apresentações do grupo realizadas no Cavern Club. Ali ocorreu também um encontro fundamental para a meteórica trajetória da banda. Nove meses depois da estreia, o empresário Brian Epstein foi conferir um dos shows e, impressionado pela performance dos garotos, decidiu cuidar da carreira do grupo.

– Ponto turístico
No embalo da beatlemania, o Cavern Club virou ponto de peregrinação de fãs e curiosos em Liverpool. O bar original foi demolido na década de 70 e o que existe hoje na rua é uma réplica. Em nome dos velhos tempos, Paul McCartney realizou shows por lá em 1999. Mas nem toda a fama livrou o local das agruras da pandemia. Com a perda do movimento dos frequentadores nos últimos meses, corre agora o risco de ser fechado.

Publicado em VEJA de 17 de fevereiro de 2021, edição nº 2725

Continua após a publicidade

Publicidade