Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Quadro pintado por Churchill é arrematado por valor recorde em leilão

A tela de 1943 pertenceu ao presidente Franklin Roosevelt e fazia parte da coleção da atriz Angelina Jolie

Por Da Redação Atualizado em 2 mar 2021, 09h50 - Publicado em 2 mar 2021, 09h24

Uma pintura pouco conhecida de Winston Churchill, que foi presenteada ao presidente dos Estados Unidos Franklin D. Roosevelt durante a II Guerra Mundial, foi arrematada em leilão por 11,5 milhões de dólares (cerca de 63 milhões de reais). A tela pintada pelo lendário primeiro-ministro britânico, proeminente líder dos aliados no confronto com os nazistas, fazia parte da coleção da atriz Angelina Jolie.

 

Batizado de Torre da Mesquita Koutoubia, é o único quadro pintado por Churchill, artista prolífico com mais de 500 obras, no caótico período da guerra (1939-1945). Trata-se de uma paisagem de fim de tarde de Marrakesh, Marrocos, no norte da África, um dos motivos favoritos de Churchill, que veio à luz em janeiro de 1943, depois da conferência de Casablanca, também no Marrocos, quando os dois políticos acordaram que o conflito só acabaria com a rendição incondicional da Alemanha, Itália e Japão.

 

Depois da conferência, Churchill teria convidado Roosevelt para conhecer Marrakesh e, no dia seguinte, quando o presidente americano já havia partido, ele decidiu pintar a paisagem do crepúsculo, tendo a mesquita ao fundo, como marco da reunião histórica. Em 2011, ela foi adquirida pelo ator Brad Pitt e dada de presente a Jolie quando ainda estavam casados. O leilão de ontem, realizado na Christie’s de Londres, superou por larga margem o quadro mais valioso de Churchill até então, arrematado por 2,7 milhões de dólares na casa de leilões Sotheby’s em 2014.

Saiba mais em VEJA de 17 de fevereiro de 2021, edição 2725

Continua após a publicidade
Publicidade