Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Quadro de Frida Kahlo promete bater recorde do marido da artista em leilão

Autorretrato da mexicana foi estimado em 30 milhões de dólares – soma que tira de Rivera o título de artista latino com a obra mais cara vendida em leilão

Por Raquel Carneiro 22 set 2021, 13h35

Com a mobilidade comprometida, em razão de um grave acidente de ônibus na adolescência, a mexicana Frida Kahlo (1907-1954) pintou principalmente a si mesma, em autorretratos com traços de pesadelo e elementos surrealistas. Agora, um destes retratos, batizado de Diego y Yo, será leiloado e a estimativa é que o valor chegue aos 30 milhões de dólares.

Se alcançado, o montante fará de Frida a artista latina com o quadro mais caro já vendido em um leilão público internacional, recorde detido pelo marido da própria, Diego Rivera (1886-1957), com 9,76 milhões de dólares por The Rivals, em 2018. Curiosamente, na ocasião, ele desbancou Frida, que antes ocupava o topo do ranking com a venda de Two Nudes in a Forest, por 8 milhões de dólares, em 2016.

A pintura da mexicana, porém, carrega consigo uma participação de Diego. Na imagem de 1949, Frida surge triste, de cabelos soltos e com a cara de Diego estampada na testa. Frida fez a obra durante o segundo casamento com o artista, que, infiel convicto, tinha um caso naquela época com a atriz María Félix.

Quadro 'Diogo y Yo', de Frida Kahlo -
Quadro ‘Diego y Yo’, de Frida Kahlo – //Reprodução
  • Se chegar aos 30 milhões, Frida vai ultrapassar outra latina, a brasileira Tarsila do Amaral, que alcançou a marca de 20 milhões de dólares quando o MoMA em Nova York adquiriu, direto com um colecionador particular, ou seja, sem leilão público, a tela A Lua. Atualmente, a artista mulher com o maior valor de uma obra adquirida em leilão é da americana Georgia O’Keeffe, por 44,4 milhões de dólares, em 2014.

    Promovido pela casa Sotheby, o leilão acontecerá em Nova York, em novembro. Antes, o quadro será exposto em Hong Kong e em Londres.

    Continua após a publicidade
    Publicidade