Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Público nos cinemas brasileiros cresce 10% em 2014

Número de espectadores passou de 73,2 milhões no primeiro semestre de 2013 para 80,6 milhões no mesmo período este ano

Por Da Redação 25 ago 2014, 20h58
Cena do filme 'Os Homens São de Marte... e é pra lá que eu vou'
Cena do filme ‘Os Homens São de Marte… e é pra lá que eu vou’ VEJA

As salas de cinema do país atraíram um público 10% maior no primeiro semestre de 2014, segundo dados da Agência Nacional do Cinema (Ancine). De janeiro a junho de 2013, foram 73,2 milhões de espectadores. Este ano, o número passou para 80,6 milhões.

Um dos motivos que levaram ao crescimento de público foi a inauguração de 194 novas salas, especialmente no Sudeste e Nordeste, que receberam 67 e 50 novas salas, respectivamente.

Cinema nacional – De acordo com o balanço feito pela Ancine, 107 filmes nacionais venderam 11,5 milhões de ingressos no primeiro semestre de 2014 e responderam por 14,2% do público total – o grosso da bilheteria, 85,8%, corresponde aos filmes estrangeiros.

A participação do cinema brasileiro encolheu ligeiramente em 2014. No primeiro semestre de 2013, foram 93 filmes, 13,6 milhões de ingressos e 18,6% de participação, contra 81,4% do cinema estrangeiro.

Maiores bilheterias – Onze longas nacionais alcançaram a marca de 100.000 espectadores em 2014. Os mais bem-sucedidos foram as comédias Até que a Sorte nos Separe 2, de Roberto Santucci; S.O.S. Mulheres ao Mar, de Cris D’Amato; Os Homens São de Marte, de Marcus Baldini; e Muita Calma Nessa Hora 2, de Felipe Joffily, todos os quatro ultrapassaram a marca de 1 milhão de público.

Leia também:

‘Os Homens São de Marte’ é o filme nacional mais visto em 2014

Comédias são a força que impulsiona o cinema nacional

https://youtube.com/watch?v=uALTiN5x5Jc

‘Os Homens São de Marte…E É Para Lá que eu Vou’

Dirigido por Marcus Baldini (Bruna Surfistinha) e com Paulo Gustavo (Minha Mãe É uma Peça) no elenco, Os Homens São de Marte…E é Para Lá que eu Vou narra a história de Fernanda (Mônica Martelli), uma empresária de 30 e poucos anos que passa a maior parte de seu tempo à procura de um homem ideal para se casar. O longa que chegou aos cinemas em maio atraiu um público de 1,76 milhão de pessoas e faturou até o momento 21,4 milhões de reais em bilheteria.

‘S.O.S. Mulheres ao Mar’

Em S.O.S. Mulheres ao Mar, Adriana (Giovanna Antonelli), desiludida com o fim de seu casamento, embarca em um cruzeiro com o intuito de reconquistar seu ex-marido, Eduardo (Marcello Airoldi), que está viajando com a nova namorada Beatriz (Emanuelle Araújo). Dirigido por Cris D’Amato (Confissões de Adolescente), a comédia, que estreou em março, levou 1,75 milhão de pessoas ao cinema e faturou 20,6 milhões de reais em bilheteria. 

‘Muita Calma Nessa Hora 2’

Na sequência de Muita Calma Nessa Hora (2010), as amigas Mari (Gianne Albertoni), Tita (Andréia Horta), Aninha (Fernanda Souza) e Estrella (Débora Lamm) se reencontram três anos após a viagem para Búzios, em um evento musical no Rio de Janeiro. O filme dirigido por Felipe Joffily (E Aí… Comeu?) estreou em janeiro e levou mais de 1,43 milhão de pessoas ao cinema. No total, a produção arrecadou 15,8 milhões de reais em bilheteria.

https://youtube.com/watch?v=MWq5GulTFh0

‘Alemão’

Baseado em fatos reais, o longa dirigido por José Eduardo Belmonte (Billi Pig) narra o drama de cinco policiais que se infiltram no morro do Alemão, no Rio de Janeiro, durante uma ocupação em novembro 2010. Com Caio Blat, Cauã Reymond e Antonio Fagundes no elenco, o filme rendeu 11,3 milhões de reais e atraiu 955.072 pessoas ao cinema.

Continua após a publicidade

‘Confissões de Adolescente – O Filme’

Baseado na série homônima exibida pela TV Cultura entre 1994 e 1996, o longa conta a história das irmãs Tina (Sophia Abrahão), Bianca (Isabella Camero), Alice (Malu Rodrigues) e Karina (Clara Tiezzi) que tentam ajudar o pai a superar dificuldades financeiras, enquanto descobrem e vivenciam momentos típicos da adolescência. Com direção de Cris D’Amato (S.O.S. Mulheres ao Mar) e Daniel Filho (Se Eu Fosse Você), o filme teve um público de 816.971 pessoas e arrecadou 8,6 milhões de reais.

‘Copa de Elite’

Com Marcos Veras, Júlia Rabello, Rafinha Bastos e Alexandre Frota no elenco, Copa de Elite faz uma paródia de grandes sucessos do cinema nacional, como Tropa de Elite (2007), Minha Mãe É uma Peça (2013), Bruna Surfistinha (2011), Chico Xavier (2010) e Se Eu Fosse Você (2006). Às vésperas da Copa do Mundo de 2014 no Brasil. o personagem Capitão Capitão precisa proteger o Papa de um psicopata que pretende matá-lo durante a final do evento. Dirigido por Vítor Brandt, diretor da série de TV Vida de Estagiário, exibida pela Warner, a sátira levou 636.395 pessoas ao cinema e faturou 7,7 milhões de reais.

https://youtube.com/watch?v=0yXqzVwfbhA

‘Getúlio’

Dirigido por João Jardim (Amor?), Getúlio narra os últimos dias de vida do ex-presidente do Brasil Getúlio Vargas, interpretado por Tony Ramos, até o momento de seu suicídio em agosto de 1954. O longa teve um público de 503.321 pessoas e uma bilheteria de 6,4 milhões de reais.

‘Hoje Eu Quero Voltar Sozinho’

Aplaudido no 64º Festival de Berlim, Hoje Eu Quero Voltar Sozinho conta a história de Leonardo (Ghilherme Lobo), um adolescente cego superprotegido pelos pais (Lúcia Romano e Eucir de Souza) que aos poucos descobre que tem sentimentos pelo novo aluno do colégio Gabriel (Fabio Audi). Dirigido por Daniel Ribeiro, responsável pelo curta Eu Não Quero Voltar Sozinho – que inspirou o longa –, o filme levou 195.971 pessoas ao cinema e arrecadou 2,3 milhões de reais.

https://youtube.com/watch?v=-Xv-OGWRhvY

‘Julio Sumiu’

Como diz o título, a trama acontece em torno do desaparecimento de Julio (Pedro Nercessian). Cabe à sua mãe Edna (Lilia Cabral) fazer de tudo para resgatar o filho, inclusive subir no morro e negociar com um traficante. Dirigido por Roberto Berliner (do documentário A Pessoa É Para o Que Nasce), Julio Sumiu teve uma bilheteria de 2,2 milhões de reais e um público de 179.469 pessoas.

https://youtube.com/watch?v=u9HEENfbb0Y

‘Praia do Futuro’

Indicado ao 64º Festival de Berlim, Praia do Futuro conta a história de Donato (Wagner Moura), um salva-vidas que trabalha na Praia do Futuro, em Fortaleza. Após um resgate fracassado, ele conhece o turista alemão Konrad (Clemens Schick), amigo da vítima. Konrad, que foi soldado no Afeganistão, permanece no Brasil, na esperança de que o corpo seja encontrado. Enquanto isso, ele e Donato se aproximam e iniciam um romance. Com direção de Karim Ainouz (Madame Satã), o filme levou 128.693 pessoas ao cinema e faturou 1,67 milhão de reais.

https://youtube.com/watch?v=h7eRCg-OIjY

‘Transformers: A Era da Extinção’

O quatro episódio da franquia dos carros-robôs alienígenas faturou 1,032 bilhão de dólares até 11 de agosto de 2014.

Continua após a publicidade
Publicidade