Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Produtora e estúdio de ‘Crepúsculo’ processam sátira do filme

Lionsgate e Summit Entertainment entram com ação alegando que responsável pela paródia 'Twiharder' produziu longa sem permissão

Por Da Redação 5 mar 2014, 13h00

A produtora Lionsgate e o estúdio da Summit Entertainment, responsáveis pela trilogia Crepúsculo, processaram a Between the Lines Production, produtora do filme Twiharder (sem título em português), paródia baseada na saga de vampiros da escritora americana Stephenie Meyer.

De acordo com informações do site americano Radar Online, a Between the Lines já havia entrado com um processo contra a Summit Entertainemnt em 2013, alegando que o estúdio havia sabotado o lançamento da sátira no cinema. No entanto, no início deste ano, a ação mudou de lado. “Entre 2011 e 2012, a Summit tomou conhecimento de que a parte queixosa havia produzindo um longa intitulado Twiharder sem a autorização ou permissão”, diz o processo.

Leia também:

Criadora de ‘Crepúsculo’ investe no cinema independente

‘Crepúsculo’ ganha box especial pelos 5 anos da franquia

Robert Pattinson cansou de ser famoso, diz amigo a site

A Summit e a Lionsgate também alegam que o material promocional da paródia é muito parecido com os utilizados para divulgação de Crepúsculo, os quais estão registradas no Escritório de Direitos Autorais dos Estados Unidos. De acordo com o processo, o estúdio ainda afirma que “sofreu, e continua sofrendo danos às suas marcas registradas, reputação comercial e boa vontade.”

Cartaz de ‘Twiharder’, paródia da saga ‘Crepúsculo’

Continua após a publicidade
Publicidade