Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Produção de Adam Sandler para Netflix é acusada de racismo

Doze atores indígenas abandonaram as filmagens do longa 'The Ridiculous Six' irritados com piadas depreciativas sobre a cultura apache

Por Da Redação Atualizado em 30 jul 2020, 21h35 - Publicado em 24 abr 2015, 12h17

Cerca de doze atores abandonaram nesta semana as filmagens de The Ridiculous Six, o primeiro dos quatro filmes do humorista Adam Sandler contratados pela Netflix no ano passado. Os atores, de ascendência indígena, se irritaram com o que consideraram racismo do roteiro, que representaria a cultura Apache de maneira um tanto — como sugere o título do longa — ridícula. Sátira de Sete Homens e um Destino (The Magnificent Seven), faroeste de 1960 que vai ganhar remake com o brasileiro Wagner Moura no elenco, The Ridiculous Six tem personagens com nomes bobos como Bafo de Castor (Beaver’s Breath) e Sem Sutiã (No Bra). O texto é assinado por Sandler em parceria com Tim Herlihy (O Paizão).

LEIA TAMBÉM:

Adam Sandler fará quatro filmes para o Netflix

Depois de séries, Netflix se lança no cinema

Ninguém liga mais para spoiler, segundo o Netflix

Adam Sandler é o ator menos lucrativo dos últimos anos

O ator Navajo Loren Anthony, um dos cerca de doze que abandonaram o set de 'The Ridiculous Six', de Adam Sandler
O ator Navajo Loren Anthony, um dos cerca de doze que abandonaram o set de ‘The Ridiculous Six’, de Adam Sandler VEJA

Outras queixas dos atores que deixaram a produção dizem respeito a uma personagem feminina que urina de cócoras enquanto fuma um cachimbo da paz e à posição errada das penas colocadas em uma tenda, segundo o site americano Indian Country Today Media Network. Os atores indígenas, a maioria de origem Navajo, disseram ter aceitado participar do filme porque acreditaram que ele seria engraçado. “Eu concordei, mas na última segunda-feira as coisas começaram a ficar estranhas no set”, contou um dos atores indígenas, Loren Anthony, ao site Indian Country, acrescentando que o nome Bafo de Castor dado a uma personagem feminina deixou o grupo muito ofendido.

Anthony também reclamou da liberdade poética do longa de Sandler. “Era para interpretarmos índios apache, mas os personagens são tão estereotipados que parecemos mais comanches.” A dúvida é: o que eles esperavam de um filme com Adam Sandler?

Além de Sandler, o elenco do longa conta com Nick Nolte, Steve Buscemi, Dan Aykroyd, Jon Lovitz e Vanilla Ice. A direção é de Frank Coraci (Juntos e Misturados e Professor Peso Pesado). Comédias com Adam Sandler já faturaram juntas mais de 3 bilhões de dólares pelo mundo, mas o ator vem decepcionando na bilheteria com filmes como Cada um tem a Gêmea que Merece (2011), Este é o Meu Garoto (2012), Juntos e Misturados (2014) e Trocando os Pés (2014).

Continua após a publicidade
Publicidade