Clique e assine com até 92% de desconto

Príncipe William, pai estreante, passa no primeiro teste

O príncipe seguiu as regras de segurança e fez o correto ao acomodar o filho recém-nascido em um simples bebê-conforto, troninho simples em que o herdeiro do trono seguiu para casa com os pais, de carro

Por Da Redação 24 jul 2013, 18h56

Ao acomodar o filho recém-nascido em um simples bebê-conforto de 80 libras (273 reais) e posicioná-lo de costas para o banco do passageiro, no carro que dirigia de volta para casa, nesta terça-feira, o príncipe William passou em sua primeira prova pública como pai, diante da multidão que cercava o hospital St. Mary’s, em Londres. Na ocasião, ele levava a mulher, Kate, e o filho, George, com apenas um dia de vida, para o palácio de Kensington, a residência oficial do casal, minutos após a apresentação do príncipe George de Cambridge ao mundo. Apesar do aparente desconforto, percebido pelo protesto do pequeno George, que chorava com o rosto vermelho e contorcido, a postura do pai de primeira viagem foi condizente com as regras de segurança impostas pela legislação britânica e sugeridas pelos médicos.

Leia também:

De babador a penico, herdeiro já nasceu ‘vendendo’ produtos

Assim como no Brasil, na Inglaterra crianças de até 12 anos, ou com altura inferior a 1,35 metro (1,45 metro no Brasil), não podem ser transportadas em carros sozinhas ou no colo de adultos. Por ter a coluna ainda muito frágil, qualquer impacto sofrido por um recém-nascido pode danificar permanentemente as suas funções motoras. O bebê-conforto escolhido por Kate e William é da marca britânica Britax e tem adesivos que garantem a certificação do produto. Mais um ponto marcado pelo príncipe William, pois a lei exige que os bebês-confortos cumpram especificações de segurança.

Não se sabe se o item foi encomendado pelos próprios pais, mas ele chegou ao hospital pelas mãos da assistente de Amanda Cook, cabeleireira da realeza, que foi vista levando o bebê-conforto para a maternidade, nesta terça, horas antes de Kate, cabelos bem cuidados, sair com o marido e o filho para apresentar o bebê ainda sem nome aos que rodeavam o St. Mary’s.

Para o pediatra Fabio Ancona Lopez, professor de Pediatria da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), o modelo usado pelo bebê George, que se assemelha a uma cadeirinha, é o indicado, pois em caso de colisão evita que o assento do passageiro atinja a cabeça da criança.

Continua após a publicidade

O médico tem uma vivência empírica que comprova a eficácia do método. Ele conta que a neta, ainda bebê, estava na estrada com os pais rumo ao litoral paulista, quando uma caminhonete atingiu o veículo. No momento do impacto, os pais estavam do lado de fora do carro, prestes a tirá-la do bebê-conforto, já que o pai havia avistado um outro acidente na rodovia e achou mais seguro carregar a criança no colo. “Amassado, o carro virou uma sanfona, mas ela foi encontrada salva, chorando assustada por causa do barulho”, conta o médico.

O assento chamado de cadeirinha, em que a criança fica de fato sentada — no bebê-conforto, ela está numa posição entre deitada e sentada –, é o indicado para maiores de dois anos.

Apesar da segurança comprovada do bebê-conforto, o pediatra recomenda que os pais fiquem de olho no recém-nascido em todo o trajeto. “Ele só vai ter controle da sua musculatura por volta dos cinco meses, por isso o ideal é sempre ter alguém ao lado para ajeitá-lo conforme o bebê cair para os lados.”

Manta real — A manta de lã usada na estreia mundial do príncipe George de Cambridge é da tradicional marca britânica G. H. Hurt & Sun e custa 45 libras (cerca de 153 reais). O príncipe William também foi envolto em um xale parecido, da mesma marca, quando foi apresentado ao mundo no colo dos pais Diana e Charles, em 1982.

Twitter da Família Real
Twitter da Família Real VEJA

Apostas sobre o bebê real na Ladbrokes
Apostas sobre o bebê real na Ladbrokes VEJA

Kate Middleton durante cerimônia de batismo do novo navio da empresa Princess Cruises, que recebeu o nome de “Royal Princess”, em Southampton, Inglaterra, em 13 de junho VEJA

Kate Middleton ao lado dos príncipes Harry e William na varanda do Palácio de Buckingham durante cerimónia em comemoração ao aniversário da rainha Elizabeth II, em 15 de junho de 2013
Kate Middleton ao lado dos príncipes Harry e William na varanda do Palácio de Buckingham durante cerimónia em comemoração ao aniversário da rainha Elizabeth II, em 15 de junho de 2013 VEJA

Rainha Elizabeth II completa 87 anos no próximo mês
Rainha Elizabeth II completa 87 anos no próximo mês VEJA

Kate Middleton deixa hospital com o marido, o príncipe William
Kate Middleton deixa hospital com o marido, o príncipe William VEJA

Palácio de Kensington
Palácio de Kensington VEJA

Caneca comemorativa do nascimento do bebê real, da Jojo Mamán Bebe, custa 9 libras (cerca de 30,60 reais)
Caneca comemorativa do nascimento do bebê real, da Jojo Mamán Bebe, custa 9 libras (cerca de 30,60 reais) VEJA

http://www.youtube.com/embed/GR1Xq3tB_B8
Musical

O compositor Paul Mealor, que escreveu uma música especialmente para o casamento de William e Kate, também escreveu uma faixa para o bebê real, intitulada Sleep On, uma canção de ninar.

Príncipe William estudando
Príncipe William estudando VEJA
Continua após a publicidade
Publicidade