Príncipe Harry quebra protocolo e consola criança que também perdeu a mãe | VEJA
Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Príncipe Harry quebra protocolo e consola criança que também perdeu a mãe

Duque de Sussex disse a garoto de 6 anos que tudo 'ficaria bem'

Por Estadão Conteúdo Atualizado em 30 jul 2020, 20h04 - Publicado em 30 out 2018, 18h28

Em seu penúltimo dia de viagem aos países do Pacífico Sul com a esposa Meghan Markle, o príncipe Harry consolou um menino de seis anos durante um passeio nesta terça-feira, na cidade de Auckland, na Nova Zelândia.

Otia Nante também perdeu a mãe e escreveu uma carta para Harry. Ao saber que o menino era órfão, Harry quebrou protocolo e tirou selfies com Otia, que estava acompanhado da avó.

https://www.instagram.com/p/BpjYIy8n4q7/?taken-by=harry_meghan_updates

Ao entregar a carta do menino a Harry, a avó de Otia disse que ele admirava o príncipe porque ele também perdeu sua mãe – a princesa Diana morreu em um acidente de carro em 1997, em Paris. Harry, então, pegou a criança no colo e disse que “a vida ficaria bem”.

  • Em seguida, o príncipe, que é o sexto na linha de sucessão da coroa britânica, disse: “Eu fiz 34 anos de idade e a vida é boa. Eu tenho uma linda mulher e um bebê a caminho. Sua vida vai ser boa. Não se preocupe com isso”. As informações são do jornal britânico The Daily Mail.

    A viagem de Harry e Meghan durou três semanas. Eles passaram por Austrália, Fiji, Tonga e Nova Zelândia.

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade