Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Prince tinha analgésico no organismo, diz jornal

O artista também tinha uma contagem muito baixa de glóbulos vermelhos, o que indica que estava doente

Por Da Redação 5 Maio 2016, 21h30

A autópsia do cantor Prince descobriu o analgésico Percocet em seu organismo, relataram o jornal Minneapolis Star Tribune e a rede de televisão KSTP-TV nesta quinta-feira, citando fontes a par da investigação. O remédio é composto por paracetamol e oxicodona, um opioide usado para dor e altamente viciante. O artista também tinha uma contagem perigosamente baixa de glóbulos vermelhos, indício de que estava doente, afirmou a afiliada local da rede ABC. A assessoria do instituto médico legal local, que realizou a autópsia de Prince, não quis comentar as informações.

Autoridades federais afirmaram na quarta-feira que participarão do inquérito sobre a morte de Prince. A Agência de Repressão às Drogas e a procuradoria-geral do estado de Minnesota fornecerão recursos para a investigação local e ajuda técnica sobre o uso ilegal e o tráfico de remédios de venda controlada.

Leia também:

Corpo de Prince foi encontrado com medicamentos controlados

Continua após a publicidade

Em 15 clipes difíceis de encontrar na web, o talento de Prince. Assista

Prince teria sofrido overdose seis dias antes de morrer

De acordo com o Star Tribune, o cantor tinha uma consulta marcada com o médico Howard Kornfeld, especializado no tratamento de vício em opiáceos, para o dia 22 de abril. Kornfeld tem uma clínica de reabilitação na Califórnia e pretendia ir até Minneapolis, mas, um dia antes de sua visita, Prince foi encontrado morto em sua casa.

A causa da morte do artista continua desconhecida. No final de abril, o instituto médico legal disse que os resultados da autópsia e dos exames toxicológicos podem demorar semanas.

(Da redação com agência Reuters)

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês