Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Primeiro restaurante NFT do mundo abrirá as portas em 2023

As carteirinhas de sócios do The Flyfish Club, especializado em frutos do mar, custam até R$ 141 mil e já estão esgotadas

Por André Sollitto Atualizado em 14 jan 2022, 11h41 - Publicado em 14 jan 2022, 11h38

A febre pelos NFTs não dá sinais de que vai diminuir tão cedo. Pelo contrário. E o próximo setor a incorporar essa tecnologia é o da alta gastronomia. A cidade de Nova York receberá o primeiro restaurante NFT em 2023. O The Flyfish Club será um ambiente exclusivo que só quem comprar uma carteirinha de sócio – que, neste caso, será um token.

O mais surpreendente é que um ano antes da inauguração já não há mais vagas disponíveis. O VCR Group, do empreendedor e crítico de vinhos Gary Vaynerchuk, dono do restaurante, já vendeu 1501 carteirinhas, e tem outras 1534 reservadas para a companhia. O preço original da filiação mais barata era 3.8 Ethereum, um dos criptoativos mais populares do mundo. O que, na cotação atual, seria equivalente a quase R$ 70 mil. Com esse passe, será possível acessar o bar de coquetéis do lounge, o restaurante de frutos do mar e eventos privados.

Mas há uma opção mais exclusiva ainda. Ao custo de 7,8 Ethereum (cerca de R$ 141 mil), o cliente tem acesso a um espaço de apenas 14 lugares de omakase, jantar japonês em que as receitas, geralmente sazonais, são totalmente escolhidas pelo chef. Cada refeição também será cobrada à parte, em dólares de verdade, a cada visita. A carteirinha só garante a entrada. Como já é esperado no mercado de NFTs e de criptoativos, há um mercado paralelo para revender as entradas e não se sabe o quanto esse preço vai flutuar no futuro.

De acordo com o VCR Group, especialistas do setor de alta gastronomia foram convocados para ajudar na criação do espaço, incluindo Josh Capon, do Lure Fishbar, restaurante badalado de sushi em Nova York, e Conor Hanlon, do NoHo Hospitality, grupo que conta com 15 empreendimentos gastronômicos na cidade americana. A proposta é trazer ainda um chef especialista em frutos do mar do Japão para criar o cardápio.

Continua após a publicidade

Publicidade