Clique e assine com até 92% de desconto

Por causa de Mel Gibson. Robert Downey Jr. tem relações estremecidas com Zach Galifianakis, de ‘Se Beber não Case’

Por Da Redação 1 nov 2010, 09h39

Robert Downey Jr. teve suas relações estremecidas com o colega de elenco Zach Galifianakis, com quem estrela o filme Um Parto de Viagem. Downey saiu em defesa de Mel Gibson no episódio da sequência de Se Beber não Case, filme que trouxe Galifianakis à fama. O veterano ator, envolvido em um drama familiar com a ex-esposa Oksana Grigorieva, estava cotado para viver um tatuador na comédia, mas foi publicamente rejeitado pelo elenco.

À revista Parade, Downey disse que foi Gibson quem o ensinou sobre segundas chances, quando o escalou, em um momento peculiar, para The Singing Detective, de 2003. Downey havia saído recentemente da prisão e a seguradora do filme se recusara a tomar responsabilidade pela cobertura.

Downey está em fase de divulgação de Um Parto de Viagem, que teve sua première no dia 28 de outubro (foto). E se viu em uma saia-justa ao tomar conhecimento do ocorrido, pois foi justamente Galifianakis quem teria liderado a resistência a Gibson, enfraquecendo a ideia do diretor de Se Beber não Case, Todd Phillips, que cedeu à negativa dos atores.

O motivo tem a ver com religião. O ator, que é judeu, não aceitaria trabalhar com Gibson por causa de suas declarações anti-semitas. Ele já disse à imprensa que os judeus são responsáveis por todas as guerras do mundo. Recentemente, Galifianakis fez piada com a frase, dizendo que Gibson “é o pior judeu de Hollywood”.

Confira abaixo o trailer de Um Parto de Viagem.

Continua após a publicidade
Publicidade