Clique e assine a partir de 8,90/mês

Polícia investiga caso de abuso sexual em ‘Big Brother’ espanhol

Participante José María foi expulso no sábado do ‘Gran Hermano’

Por Da redação - Atualizado em 6 nov 2017, 19h20 - Publicado em 6 nov 2017, 19h08

Um participante foi expulso do reality show espanhol Gran Hermano após ser acusado de abuso sexual. Segundo o site do jornal El País, um diretor da atração procurou a polícia para relatar um possível caso de abuso que teria acontecido durante o confinamento envolvendo os participantes José María e Carlota.

O relatório da polícia afirma que o diretor foi relatar a ocorrência após verificar “uma relação sexual não consensual entre um homem e uma mulher, parceiros, dentro das dependências onde o programa é gravado, detalhando que a mulher estava bastante bêbada e que o homem escondeu a si e a mulher sob o edredom, não permitindo ver o que realmente aconteceu. No entanto, tendo visto a gravação, que não foi divulgada, e o contexto em que ela aconteceu, [o diretor] procura a polícia para comunicar os fatos”.

José María foi expulso no sábado, mas a produção do reality não informou o público sobre o motivo da saída do participante. A produção também afirmou que Carlota estaria deixando o programa temporariamente e que poderia retornar depois. Nas redes sociais, a atração publicou um comunicado dizendo que a produção havia decidido pela expulsão de José María por causa de um “comportamento intolerável” e que, por orientação de psicólogos, Carlota também sairia temporariamente, mas que “as portas ficarão abertas” caso ela decida voltar.

Continua após a publicidade
Publicidade