Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Polícia investiga apologia a maus-tratos a animais no ‘BBB19’

Ativista abriu boletim de ocorrência contra participante Maycon Santos, que declarou ter ‘perdido a virgindade’ com uma cabra

Por Redação 13 fev 2019, 14h39

Após a abertura de um inquérito para apurar casos de racismo e intolerância religiosa de participantes do Big Brother Brasil 2019, a Polícia Civil do Rio de Janeiro foi acionada para investigar outra polêmica envolvendo os moradores da casa: a confissão de maus-tratos a animais. A Polícia Civil não revelou detalhes, mas confirmou que há uma investigação em curso. 

A discussão sobre o tema começou quando o participante Maycon Santos contou aos colegas que havia “perdido a virgindade” com uma cabra. Dias depois, revelou que já havia amarrado bombinhas no rabo de um gato e perguntou se os outros integrantes da casa nunca tinham feito o mesmo: “Vocês não tiveram infância”, disse, diante de reações horrorizadas.

No dia 11 de fevereiro, o ativista dos direitos dos animais Randel Silva anunciou nas redes sociais que estava levando o caso à polícia e abriu um boletim de ocorrência contra o mineiro na 32ª DP do Rio de Janeiro. “Fizemos nossa parte, agora cabe ao delegado e ao MP”, escreveu o ativista. Silva ainda criou uma petição pública para eliminar o jogador do reality show da Globo.

  • A ex-apresentadora Luisa Mell, militante pelos direitos dos animais, protestou em seu Instagram: “Isso não é coisa de criança, isso é crueldade! Vamos tirá-lo?”. Nos comentários do post, outros artistas concordaram: “Fora, idiota”, disse Yasmin Brunet, enquanto Tatá Werneck chamou o vendedor de queijos de “nojento”.

    View this post on Instagram

    Inacreditável! Isso n é coisa de criança, isso é crueldade! Vms tira -lo? #foramaycon #bbb19

    Continua após a publicidade

    A post shared by Luisa mell (@luisamell) on

    Também no Instagram, um perfil administrado pela família e amigos de Maycon publicou um comunicado pedindo desculpas pelas declarações do participante e dizendo que “sua falta de conhecimento e instrução” o levou às frases ditas no programa, que, segundo eles, “estão enraizadas na infância dos brasileiros”. O grupo ainda prometeu que Maycon se desculpará publicamente quando sair do confinamento.

    Quanto à “confissão” de zoofilia, o comunicado afirmou que “esses atos nunca foram praticados por ele” e reforçou que o grupo “repudia tais atos” e “não gostou da brincadeira”.

    https://www.instagram.com/p/BtzWlfQAglO/

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade