Clique e assine a partir de 9,90/mês

Pirataria ajudou ‘Breaking Bad’, diz criador da série

Em entrevista à rádio britânica BBC 1, Vince Gilligan afirmou que a difusão ilegal dos episódios popularizou o seriado e ajudou a reforçar a marca

Por Da Redação - 18 out 2013, 19h52

Se a pirataria é o terror de muitos produtores da música, do cinema e da televisão, ela não é tão odiada pelo criador da série Breaking Bad, Vince Gilligan. Em entrevista à rádio britânica BBC 1, ele afirmou que a pirataria ajudou na difusão do seriado, reforçando sua marca e atraindo muitos telespectadores.

Leia também:

‘Breaking Bad’: a melhor série dramática já feita para a TV

Anthony Hopkins cai de joelhos pelo protagonista de ‘Breaking Bad’

“A pirataria pela internet é um problema e vai continuar a ser porque todos precisamos comer e receber nossos salários e eu recebo muito bem, não posso reclamar”, disse Gilligan. “Mas vejo que há dois lados da moeda, para ser honesto percebo que os downloads ilegais levaram muitas pessoas a assistir ao seriado, a dar atenção a ele que de outra forma não teriam dado. De certa forma, eles nos ajudaram em termos de notoriedade de marca. O ruim é que muitos que trabalharam na série teriam ganhado mais dinheiro, eu, inclusive, sem a pirataria.”

Segundo o site Torrentfreak.com, que monitora os downloads feitos por meio de um protocolo de rede denominado torrent, o último episódio de Breaking Bad, exibido no final de setembro nos Estados Unidos, foi baixado ilegalmente mais de meio milhão de vezes.

Leia também:

Emmy enfim coroa ‘Breaking Bad’

Personagem de ‘Breaking Bad’ ganha funeral nos EUA

Continua após a publicidade
Publicidade