Clique e assine a partir de 9,90/mês

Petição contra Kanye West atinge 50 000 assinaturas

Abaixo-assinado pede a exclusão do rapper do festival britânico Glastonbury

Por Da Redação - 19 mar 2015, 17h32

Kanye West foi anunciado na última segunda-feira, 16, como uma das atrações principais do festival britânico de Glastonbury, ao lado de Foo Fighters. O anúncio foi feito via Twitter pela organizadora do evento Emily Eavis: “Nós estamos animados em anunciar que Kanye West será o headliner da noite de sábado no palco Pyramid!”. A animação em divulgar a informação, contudo, não contagiou quem já comprou os ingressos para o festival, aliás esgotados.

Leia também:

Orgulhoso, Kanye West posta fotos de Kim Kardashian nua

‘Gostaria de ser Picasso, ou melhor’, diz Kanye West

Kanye West compõe ode a Kim Kardashian — e a si mesmo

O Twitter foi palco de mensagens contra a ida do rapper americano ao festival, caracterizado por sua ligação histórica com o rock. Uma das críticas falava que Kanye West se apresentaria no palco Pyramid, “enquanto seu ego se apresenta no outro palco”. West não sai dos noticiários. Na terça, publicou fotos de sua mulher, Kim Kardashian, nua, além de ter criticado de forma polêmica a escolha do álbum Morning Phase, de Beck, como o melhor de 2014 no Grammy, ao dizer que “Beck deveria respeitar a arte”. Na entrega do prêmio, ele fingiu que iria protagonizar outra invasão de palco, como fez no VMA de 2009 enquanto Taylor Swift se preparava para agradecer.

Indignado com a escolha de West como headliner, o inglês Neil Lonsdale criou uma petição contra a ida do rapper ao festival logo após o anúncio, e já conseguiu 50.000 assinaturas. Na descrição, Lonsdale escreveu: “Kanye West é um insulto aos fãs de música por todo mundo. Nós gastamos centenas de libras para ir a Glastonbury e esperava um certo nível de entretenimento”.

Em entrevista ao site inglês NME, Lonsdale disse que nunca tinha ido a Glastonbury e estava tão animado com os ingressos que ficava procurando por novidades a todo instante. “Dois anos atrás, tivemos Rolling Stones tocando no sábado, e este ano teremos Kanye West? É um ultraje”, afirmou o inglês de Norfolk. Realista, ele não espera que a petição faça alguma diferença e que não irá vender seus ingressos. O festival de Glastonbury acontecerá entre os dias 24 e 28 de junho, na Inglaterra.

Continua após a publicidade
Publicidade