Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Pete Doherty é suspeito de roubo de loja

Roqueiro-problema teria levado uma guitarra de 300 euros e um disco

Por Da Redação 11 mar 2011, 19h03

O cantor de roque britânico Pete Doherty é suspeito de ter organizado um roubo em uma loja em Regensburg , cidade no sul da Alemanha, de onde teria levado uma guitarra e um disco, de acordo com a polícia local.

O ex-namorado de Kate Moss, que completará 32 anos neste sábado e cuja reputação é a de um “garoto problema”, poderá enfrentar de três meses a dez anos de prisão por esse roubo. O cantor teria quebrado a vitrine da loja junto com dois cúmplices, durante uma noite de Carnaval na qual teriam ingerido bebidas alcoólicas.

Na quinta-feira, Doherty foi interrogado pela polícia, e reconheceu ter passado pelo centro da cidade no momento do incidente. A guitarra preta da marca Ibanez foi encontrada, em mau estado, no dia seguinte ao roubo, perto de uma igreja. A caixa do disco também foi encontrada.

Um funcionário da loja Shadillac disse à Agência France Press que a guitarra custava aproximadamente 300 euros (cerca de 693 reais). Segundo o mesmo funcionário, o roubo que teria sido cometido pelo roqueiro não provocou maior movimento de clientes, apesar das notícias na imprensa. “As vendas continuam como de costume”, completou.

Doherty está atualmente em Regensburg, onde realiza, ao lado da atriz e cantora Charlotte Gainsburg, um filme inspirado no romance “A Confissão de um Filho do Século”, do escritor francês Alfred de Musset.

(Com agência France-Press)

Continua após a publicidade
Publicidade