Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Personagem ‘Chaves’ completa 40 anos

Personagem criado pelo mexicano Roberto Gómez Bolaños é um sucesso em toda a América Latina

Por Da Redação 21 jun 2011, 21h19

Há 40 anos, estreava na televisão mexicana Chaves, um modesto programa de comédia que contava as aventuras de um menino órfão que morava em um barril. O enredo, imaginavam os produtores, não parecia destinada ao sucesso. Contrariando as expectativas, o programa se tornou um ícone da TV na América Latina.

O primeiro episódio do personagem criado por Roberto Gómez Bolaños, que o interpretava, foi exibido em 20 de junho de 1971 e ficou no ar até 1995. Apesar de que, desde então, não se voltaram a gravar episódios. Seu autor, agora com 82 anos, recebe mensagens de cumprimento através de sua conta no Twitter, aberta no fim de maio e que já tem um milhão de seguidores.

Histórico – Graças à televisão via satélite, os episódios de Chaves e outros congêneres também criados pelo prolífico Bolaños, como a paródia de super-herói Chapolim Colorado, atravessaram fronteiras.

Ao lado dele, seus companheiros também ganharam fama: María Antonieta de las Nieves no papel de ‘Chiquinha’; Ramón Valdez, falecido em 1988, intérprete de Seu Madruga; Carlos Villagrán como ‘Quico’; Rubén Aguirre, o ‘professor Jirafales’; Edgar Vivar, o ‘Nhonho’, e a dona Florinda, interpretada pela mulher do autor, Florinda Meza.

Chaves – no original El Chavo del ocho, assim chamado por causa do canal de televisão onde foi exibido inicialmente – arrebatava na década de 1980, 350 milhões de telespectadores por semana, com traduções para mais de 50 idiomas e transmissões em países tão longínquos como China, Japão, Coreia, Tailândia, Marrocos, Grécia e Angola. No Brasil, o programa é exibido pelo SBT desde 1984.

(Com Agência France Presse)

Continua após a publicidade
Publicidade