Clique e assine a partir de 8,90/mês

Paulo Gustavo se defende após críticas por piada com Jesus: ‘Não ofendi’

Em vídeo, comediante diz que a Bíblia está desatualizada e que se Jesus estivesse vivo 'estaria no show de Pabllo Vittar'

Por Redação - Atualizado em 5 jul 2018, 18h45 - Publicado em 5 jul 2018, 18h11

Paulo Gustavo publicou um textão nesta quinta-feira se defendendo das críticas que recebeu por um vídeo em que faz piadas com a Bíblia e Jesus Cristo publicado em seu perfil no Instagram. A página do comediante foi inundada de comentários – uns apoiando a brincadeira e outros afirmando que ele havia sido desrespeitoso.

“Meu vídeo sobre o casamento na igreja foi a forma que eu encontrei, através do humor, de fazer uma reflexão sobre como vejo o mundo e determinadas questões”, disse em postagem no Instagram. “Se Jesus fosse vivo hoje, de carne e osso, poderia sim estar no show do Pabllo Vittar, tal como em qualquer outro show, de qualquer outro artista. Isto porque ele foi quem entendeu que todos eram iguais, merecedores do mesmo respeito, do mesmo amor, independente de condição, cor, ou gênero.”

Ele continuou: “Eu não ofendi a Deus. Quem ofende a Deus são todos que, em nome dele, cometem discriminação e disseminam ódio. (…) A pergunta que eu faço é: o que as pessoas que tanto destilam ódio nas redes sociais (na vida) fazem pelo próximo, pelo coletivo e fazem de suas próprias vidas? O ódio não soma, não acrescenta, não cria. Já o amor, este sim, germina e se multiplica! E esse é o Deus que eu acredito e essas são as ideias que Jesus pregou e defendeu. Vocês acham mesmo que com toda essa raiva, vocês estão seguindo os mandamentos de Deus?”

Durante as gravações do filme Minha Vida em Marte, baseado em uma peça de teatro de Mônica Martelli, o comediante, que é casado com o dermatologista Thales Bretas desde 2015, intercepta o ator que vive um padre no longa e pede: “Casa eu e meu marido?”. Como resposta, ouve um sonoro “Não pode”. Paulo Gustavo continua: “Quem escreveu essa Bíblia está desatualizado. Se Jesus Cristo fosse vivo, estaria no show de Pablo Vittar. Está todo mundo indo, menino. Quem está mandando a gente para cá, eu, Pabllo Vittar? Hoje em dia está nascendo um monte de bi, gente fluída. Quem está mandando os fluídos para cá? É Deus, então por que eu não posso casar na igreja? Casa logo eu, deixa de ser bobo, larga disso.”

View this post on Instagram

Continua após a publicidade

Meu video sobre o casamento na igreja foi a forma que eu encontrei, através do humor, de fazer uma reflexão sobre como vejo o mundo e determinadas questões. Fiz o vídeo num tom descontraído, divertido e sem ofender ninguém! Se Jesus fosse vivo hoje, de carne e osso, poderia sim estar no show do Pablo Vittar, tal como em qualquer outro show, de qualquer outro artista. Isto porque ele foi quem entendeu que todos eram iguais, merecedores do mesmo respeito, do mesmo amor, independente de condição, cor, ou gênero. Jesus fez revolução justamente por não ser preconceituoso e não concordar com os julgamentos daqueles que condenavam o próximo, o diferente. Jesus foi o que entendeu o amor em sua profundidade, e por essa visão de mundo, à frente de seu tempo, foi crucificado. Os comentários raivosos e preconceituosos só me fazem ter a certeza de que estou do lado certo da história, muito consciente dos meus posicionamentos e das coisas que acredito. Eu não ofendi a Deus. Quem ofende a Deus são todos que, em nome dele, cometem discriminação e disseminam ódio. Eu só tenho a agradecer a Deus porque ele sempre foi muito bom comigo, me dando saúde pra trabalhar, me deu honestidade para com a vida e para pagar todos os meus impostos corretamente, me deu generosidade pra ajudar meus amigos e sustentar minha familia, me fez um ser humano solidário com os mais necessitados, me deu humor pra enxergar a vida com mais leveza e talento pra fazer o que eu faço, que é trazer alegria pra vida das pessoas! A pergunta que eu faço é: o que as pessoas que tanto destilam ódio nas redes sociais (na vida) fazem pelo próximo, pelo coletivo e fazem de suas próprias vidas? O ódio não soma, não acresenta, não cria. Já o amor, este sim, germina e se multiplica! E esse é o Deus que eu acredito e essas são as ideias que Jesus pregou e defendeu. Vocês acham mesmo que com toda essa raiva, vocês estão seguindo os mandamentos de Deus? Peçam a Deus pra ajudar vocês a terem mais empatia, mais humor, mais leveza, e a serem mais humanos. Porque essa raiva toda só faz mal a vocês mesmos!

A post shared by paulogustavo31 (@paulogustavo31) on

View this post on Instagram

Continua após a publicidade

Bastidores do “ MINHA VIDA EM MARTE” ! Quando da o intervalo entre uma cena e outra eu começo atazanar todo mundo! Não me aguento ! 🌈🌈#minhavidaemmarte #27dedezembro

A post shared by paulogustavo31 (@paulogustavo31) on

Continua após a publicidade
Publicidade