Paul Newman doou metade do salário para Susan Sarandon em 1998 | VEJA
Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Paul Newman doou metade do salário para Susan Sarandon em 1998

Americano protestou contra disparidade salarial entre ele e atriz durante gravações de 'Fugindo do Passado'

Por Da redação 8 mar 2018, 20h26

Paul Newman doou metade do seu salário para Susan Sarandon durante as gravações de Fugindo do Passado, em 1998, contou a atriz em entrevista à rádio BBC 5. Segundo ela, o ator ficou indignado ao descobrir que a colega recebia um cachê inferior ao dele, apesar de interpretar uma das protagonistas do longa. A doação foi a solução que o americano encontrou para tentar equilibrar o cachê dos dois.

  • “Ele se revoltou, e disse: ‘Bom, então eu vou doar para você parte do meu'”, lembrou Susan. “Ele era uma joia rara.” Newman morreu em 2008. Ele ganhou o Oscar de melhor ator pelo filme A Cor do Dinheiro, e era conhecido pelo seu forte ativismo político.

    A atriz contou que, na época, ela, Paul Newman e Gene Hackman — os três protagonistas — assinaram um contrato que previa que eles deveriam receber o mesmo salário. Durante a filmagem do longa, no entanto, ela descobriu que a paridade salarial era aplicada apenas aos colegas homens.

    Publicidade