Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Paul McCartney volta ao Brasil pela terceira vez em menos de dois anos

Ex-beatle se apresenta nos dias 21 e 22 em Recife, e no dia 25 em Florianópolis

Por Carol Nogueira 21 abr 2012, 14h55

Somados os públicos dos shows que McCartney fez no Brasil nos últimos dois anos, ele se apresentou para quase 500.000 pessoas

Paul McCartney está de volta. Após passagens pelo Brasil em 2010 e 2011, o ex-beatle retorna ao país para mais três shows, desta vez, em Recife (nos próximos dias 21 e 22, no Estádio do Arruda) e Florianópolis (no dia 25, no Estádio da Ressacada). Embora ainda haja ingressos para as apresentações – somente a deste sábado está esgotada –, a temporada de espetáculos constantes do músico por aqui comprova duas coisas: o crescimento do mercado de shows do país e o quanto “Macca” é querido entre os brasileiros.

Somados os públicos de todos os shows que McCartney fez no Brasil nos últimos dois anos, nas cidades de São Paulo, Porto Alegre e Rio de Janeiro, ele se apresentou para um total de quase 500.000 pessoas no país, sempre com ingressos que saem em média por 300 reais e podem custar até 1.000 reais. Basta fazer uma conta simples para perceber que o ex-beatle está faturando uma fortuna com o público brasileiro.

Repertório Os shows de abril têm tudo para ser quase idênticos aos que McCartney já fez em terras brasileiras nos últimos anos, da turnê Up and Coming (a nova turnê se chama On the Run). Nos últimos meses, o músico mudou somente algumas músicas do repertório. Entre as mudanças feitas, há uma logo na abertura do show, que pode começar com Hello, Goodbye ou Magical Mystery Tour, e segue com Junior’s Farm (que antes não constava no setlist). Entram ainda músicas como The Night Before, Maybe I’m Amazed e My Valentine, esta última do disco Kisses On the Bottom, lançado pelo ex-beatle neste ano.

O segundo bis, que marca o fim do show, também sofreu alterações. Se antes McCartney enfileirava uma lista de sucessos da época dos Beatles que continha Yesterday, Helter Skelter, Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band e The End, agora o músico abre espaço para um final mais “tradicional”, reprisando o famoso medley do disco Abbey Road, composto por Golden Slumbers, Carry That Weight e The End.

O restante do show é completamente coreografado e deve mudar pouco. Alguns gestos de McCartney se repetem em todas as apresentações. Exemplos: ele faz cara de susto com a explosão de fogos de artifício na música Live and Let Die, e apoia a mão no queixo quando está sentado no piano, encarando a plateia com um sorriso. Tudo isso, no entanto, parece bastante espontâneo e ajuda a criar um show emocionante e memorável.

Ingressos – Para o show do dia 22 em Recife, ainda há lugares disponíveis em todos os setores, com valores que vão de 160 a 600 reais. Em Florianópolis, no dia 25, há ingressos para camarotes, cadeiras, gramado e gramado premium, que vão de 350 a 980 reais. As entradas estão à venda no site Zetks.

Continua após a publicidade
Publicidade