Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Paris inaugura grande restrospectiva de Georges Braque

Fundador do cubismo ao lado de Picasso é tema de mostra no Grand Palais

Por Da Redação 17 set 2013, 21h52

Pela primeira vez em 40 anos, Paris apresenta uma ampla restrospectiva de Georges Braque (1882-1963), fundador do cubismo ao lado de Picasso e Juan Gris, mas que havia caído no esquecimento depois de idolatrado no pós-guerra. A mostra, que começa nesta quarta-feira no Grand Palais, abrange toda a carreira do pintor francês com cerca de 200 pinturas.

Enteada de Picasso denuncia roubo de 407 obras do pintor

VEJA Meus Livros: ‘Guernica’, de Picasso, e a poética da opressão

Desde seu início no fauvismo, movimento marcado pelo uso da cor vermelha, em especial entre outras cores puras, e da exaltação dos sentimentos, até a sombria paisagem achada no cavalete do artista no dia de sua morte, Braque foi “um homem discreto, introvertido e amigo fiel”, segundo Brigitte Leal, diretora-adjunta do Museu Nacional de Arte Moderna de Paris e curadora da exposição.

Paris não organiza uma retrospectiva completa do artista desde a realizada em 1973, no Museu de La Orangerie.

(Com agência France-Presse)

Continua após a publicidade
Publicidade