Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Para ter a foto perfeita no Rock in Rio, é preciso ir até o ‘selfódromo’

Letreiro gigante, roda-gigante e tênis da Rota 85 atraem o público em busca de fotos para as redes sociais

Por Jana Sampaio, do Rio de Janeiro Atualizado em 3 out 2019, 20h39 - Publicado em 3 out 2019, 20h21

A cada dois anos, ele é presença garantida. Mesmo quem não gosta de rock e vem ao festival para assistir shows de outros estilos musicais, não resiste ao gigantesco letreiro do Rock in Rio, localizado logo na entrada do público.

Eleito como o principal ponto dos frequentadores para tirar as clássicas selfies que estampam as redes sociais, a placa com o nome do festival já ganhou até um apelido dos frequentadores: “selfódromo”. Mas se em anos anteriores o local costumava atrair longas filas, dessa vez está diferente.

“O tamanho do letreiro é tão grande que por mais cheio que esteja, todo mundo consegue fazer sua foto tranquilamente”, disse o estudante Jerónimo Machado, de 20 anos, que veio a Cidade do Rock nesta quinta (3) para assistir ao show do Red Hot Chili Peppers.

  • Em seu quinto Rock in Rio, a estudante Michelly Espíndola, de 28 anos, diz que fazer foto na placa de entrada já é uma tradição entre os amigos. “Faço e posto logo nas minhas redes sociais para mostrar que estou aqui. É meu registro predileto do festival”, contou.

    Entre os outros points queridinhos do público para os registros do festival estão a roda-gigante, com 36 metros de altura, o tênis gigante da Rota 85, uma referência à primeira edição do Rock in Rio, marcada pelo lamaçal formado nos dias de chuva, e a hashtag com o nome do festival em letras garrafais, que fica próxima à arena do Velódromo.

    Continua após a publicidade
    Publicidade