Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Para azar de Amber Heard, Kate Moss defende Johnny Depp em tribunal

Ex-namorada do ator, modelo britânica testemunhou a favor dele e ajudou a descredibilizar estrela de 'Aquaman'

Por Kelly Miyashiro Atualizado em 25 Maio 2022, 15h40 - Publicado em 25 Maio 2022, 12h12

No meio da guerra jurídica entre Johnny Depp e Amber Heard, processada por calúnia pelo astro de Hollywood, Kate Moss foi chamada para testemunhar a favor de seu ex-namorado no tribunal nesta quarta-feira, 25. A pedido da defesa do artista, a modelo depôs via chamada de vídeo para explicar o boato de que Depp a teria empurrado de uma escada durante o relacionamento dos dois nos anos 1990 — questão levantada pela própria Amber no início do julgamento. A manobra da estrela de Aquaman de tentar pintar o rival de abusivo não poderia dar mais errado.

Diretamente de Gloucestershire, na Inglaterra, Kate falou por apenas 5 minutos à corte de Fairfax, na Virgínia. A britânica relembrou que namorara Depp entre 1994 e 1998 e contou na inquirição que, durante uma viagem à Jamaica com Depp, ela havia escorregado de uma escada sozinha.

“Nós estávamos saindo do quarto. Johnny saiu antes de mim. Houve uma tempestade e, ao sair do quarto, eu escorreguei escada abaixo e machuquei minhas costas. Eu gritei, porque não sabia o que tinha acontecido comigo, estava com dor. E ele correu de volta para me ajudar, me carregou para o quarto e conseguiu atendimento médico”, afirmou a testemunha.

“Johnny Depp empurrou você da escada de alguma maneira? Durante o relacionamento de vocês, ele chegou a empurrar você de qualquer escada?”, questionou um dos advogados do ator. “Não, ele nunca me empurrou, nunca me chutou, nunca me empurrou de nenhuma escada”, ressaltou a ex-namorada de Depp. Os advogados de Amber Heard não quiseram questionar Kate, e o ator sorriu discretamente ao fim do depoimento.

Kate Moss foi chamada ao banco de testemunhas após Amber ter mencionado em frente ao júri que, durante uma briga com o então marido, se lembrou da modelo. Na ocasião, a depoente teria visto o ator atacar sua irmã e então dado um soco nele. “Eu não hesito. Eu não espero. Eu imediatamente penso em Kate Moss e nas escadas, e eu bati nele”, declarara Heard. A brecha foi o suficiente para a equipe jurídica de Johnny Depp convocar a ex-namorada do astro para falar a seu favor.

Após um relacionamento conturbado encerrado em 2016, Depp e Heard travam uma intensa batalha na Justiça com muitos holofotes da mídia. O intérprete do Capitão Sparrow na saga Piratas do Caribe processou a ex-mulher por difamação depois que ela publicara um artigo descrevendo ter vivido um relacionamento abusivo que envolvia violência doméstica. Ellen Barkin, uma ex do ator, testemunhou a favor de Amber, dizendo que Depp tinha uma conduta ciumenta, controladora e violenta. Em contrapartida, Vanessa Paradis e Winona Ryder, antigas parceiras dele, o apoiaram publicamente. Agora, Kate Moss engrossa a lista a seu favor.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)