Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Atriz diz que desistiu da carreira após abuso de Weinstein

Heather Kerr, do seriado 'Vivendo e Aprendendo', teria desistido da carreira por conta do episódio. Ela é representada por Gloria Allred

Por EFE Atualizado em 30 jul 2020, 20h34 - Publicado em 20 out 2017, 20h43

A ex-atriz Heather Kerr revelou nesta sexta-feira ser outra vítima de Harvey Weinstein. Em coletiva de imprensa na Califórnia, ela contou que o produtor tirou a roupa na sua frente e a assediou sexualmente — fato que levou a artista a abandonar a carreira. Durante o depoimento, Heather estava acompanhada pela advogada Gloria Allred, especialista em casos de abuso sexual que representa também Louisette Geiss, outra mulher que acusa o produtor de assédio.

  • “Ele me perguntou se eu era boa”, lembrou Heather. “Comecei a falar sobre minha formação e experiência como atriz, mas ele disse: ‘Não, preciso saber se você é boa’. Disse que ia me apresentar à indústria, mas antes precisava saber se era ‘boa’. Ele não parava de repetir essa palavra.”

    Segundo o relato, Weinstein então tirou o pênis para fora da calça, agarrou a mão de Kerr e a obrigou a tocá-lo. “É assim que as coisas funcionam em Hollywood, todas as atrizes que conseguiram fizeram desta forma”.

    Como atriz, Kerr participou dos seriados Mama’s FamilyVivendo e Aprendendo. No cinema, Heather apareceu nos filmes Armadilhas do AmorPlayers Club.

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade