Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Os melhores restaurantes de carne em Belo Horizonte

Confira os estabelecimentos da categoria que valem a visita, além de um endereço que serve rodízio

Por Daniel Salles, Rafael Rocha, Juliana Koch, Juliana Soares, Lígia de Matos, Marcus Celestino, Mariana Celle e Rafaela Matias Atualizado em 9 dez 2017, 13h43 - Publicado em 9 dez 2017, 04h00

O roteiro a seguir, com treze endereços, integra a edição de VEJA COMER & BEBER BELO HORIZONTE 2017/2018:

Fogo de Chão: eleita melhor carne pelo júri
Camisa azul, bombachas e botas pretas. O inconfundível figurino dos garçons da rede de churrascarias é adotado até mesmo pelo host, postado na entrada da casa. Surgida no Rio Grande do Sul, a cadeia chegou a Belo Horizonte há mais de uma década e dispõe hoje de nove unidades no país, além de 38 nos Estados Unidos, duas no México, uma em Porto Rico e outra no Oriente Médio. O rodízio, a R$ 125,00 por pessoa, contempla dezoito cortes, em geral provenientes de rebanhos uruguaios. Os hits são o bife ancho, o carré de cordeiro e a costela premium, extraída entre a segunda e a quinta vértebra do boi. Disposto no meio do salão, um bufê no qual é possível servir-se à vontade acomoda cerca de quarenta variedades de saladas, queijos, frios e acompanhamentos, como arroz negro com gorgonzola e legumes e batata-doce defumada com páprica. Quem opta só pelo bufê paga R$ 49,90. Outra opção é servir-se dele e escolher uma peça de uns 300 gramas de carne, entre fraldinha, filé-mignon, alcatra e o suculento e macio shoulder steak, tirado da parte dianteira do animal (R$ 85,00). Da lista de vinhos, acomodados numa chamativa adega envidraçada, sobressai o rótulo próprio, produzido em Mendoza, na Argentina, com uvas malbec, que custa R$ 128,00. Rua Sergipe, 1208, Savassi, ☎ 3227-2730 (280 lugares). 12h/16h e 18h/0h (sáb. sem intervalo até 0h; dom. até 22h30). Aberto em 2006. $$$$

 

2º lugar: La Victoria
A apuração estética na decoração, com amplo salão repleto de móveis rústicos, também aparece na qualidade do menu. Feitas na parrilla, as carnes chegam principalmente da Argentina e do Uruguai. A peça de 350 gramas do t-bone é acompanhada de risoto de cogumelos e sai a R$ 96,00. Outra opção, as costeletas de cordeiro (R$ 98,00, seis unidades) podem ser incrementadas com batatas laminadas e gratinadas com creme de leite, queijo e tomilho (R$ 26,00). Na carta de vinhos figura o uruguaio Don Próspero 2015, corte das uvas tannat e malbec (R$ 131,00). Rua Hudson, 675, Jardim Canadá, Nova Lima, ☎ 3581-3200 (200 lugares). 19h/0h (sáb. 12h/1h; dom. e feriados 12h/18h; fecha seg. e ter.). Aberto em 2002. $$$$

3º lugar: Osso — Mind the Bones
Cercado por um alpendre decorado com vidros coloridos, o restaurante, situado numa esquina, é um daqueles endereços irresistíveis em dias de calor. As mesas se espalham pelo arejado salão, pela varanda e também pela larga calçada em frente, sombreada por ombrelones. É pena que a grande estrela da casa, a parrilla, só possa ser vista por aqueles que se dirigem ao banheiro. Nela são preparados cortes nobres, como o bife de chorizo de gado wagyu (R$ 129,00) e o assado de tira de boi da raça angus (R$ 58,00). De acompanhamento há purê de batata trufado (R$ 28,00) e capelete de queijo, manjericão e pomodoro rústico (R$ 28,00), entre outras pedidas. O cardápio lista ainda pratos principais como os camarões na brasa ladeados por tortellini recheados com carne de porco e maçã (R$ 89,00), a canelinha de leitão servida sobre risoto de funghi e caramelo de molho rôti (R$ 48,00) e a costeleta de tambaqui na brasa escoltada por vinagrete de feijão-fradinho e queijo de coalho tostado (R$ 49,00). Para distrair a fome, boas escolhas são o croquete de costela com mostarda escura (R$ 32,00, com dez unidades) e a coxinha de camarão e emulsão de queijo da Serra da Canastra (R$ 36,00, com oito unidades). Esses últimos, aliás, fazem ótima companhia para o chope da Heineken (R$ 9,50, 300 mililitros) ou para o Verano, da Wäls (R$ 11,00, 300 mililitros). Quem prefere vinho encontra ali oitenta opções. Levinho, o branco português Colheita Selecionada da Quinta de Linhares custa R$ 114,00. Para fechar, tem churros de paçoca com doce de leite (R$ 22,00). Rua São Paulo, 1984, Lourdes, ☎ 3292-8235 (150 lugares). 11h45/0h30 (sex. e sáb. até 1h; dom. 12h/18h; fecha seg.). Aberto em 2016. $$

La Macelleria
O estabelecimento do italiano Lorenzo Lucchetti começou como um açougue de carnes nobres que também fazia eventos, até se tornar restaurante. Uma grelha a gás com pedra vulcânica assa cortes como o bife ancho de kobe beef (R$ 129,80, 300 gramas) e bife de chorizo de angus (R$ 62,80, 300 gramas). Todas as carnes chegam com um acompanhamento, como batata e polenta fritas, legumes e salada mista, mais chimichurri, farofa e vinagrete. Rua Francisco Deslandes, 1038, Anchieta, ☎ 3223-6255 e 3223-6257 (80 lugares). 18h/0h (sex. e sáb.
a partir de 12h; dom. 12h/16h30; fecha seg.). Rua Fernandes Tourinho, 801, Lourdes, ☎ 3566-7291/7296 (120 lugares). 12h/0h (dom. até 16h30). Aberto em 2008. $$

Monjardim Costelaria
Com ambiente que remete ao quintal de uma casa, o restaurante faz da costela seu chamariz. A versão preparada no bafo e finalizada na brasa é acompanhada de farofa, vinagrete e da chamada cebola vitrificada (uma espécie de cebola em conserva cortada em rodelas). Custa R$ 98,90 (500 gramas). A costela aparece também como recheio do bolinho de mandioca (R$ 37,90, oito unidades) e do pastel (R$ 36,90, oito unidades). Quem preferir um corte mais magro poderá pedir a colita de quadril, extraída da maminha (R$ 68,90, 330 gramas). Os mesmos proprietários mantêm um restaurante com conceito e cardápio semelhantes no Vila da Serra, chamado Vila Monjardim (Alameda Oscar Niemeyer, 1033, Vila da Serra, Nova Lima, ☎ 3566-2033). Rua Curitiba, 2076, Lourdes, ☎ 2555-2076 (450 lugares). 17h30/0h (qui. até 1h; sex. e sáb. a partir das 12h; dom. 12h/18h; feriados 12h/22h; fecha seg.). Aberto em 2012. $

Outback Steakhouse
Uma das marcas registradas da rede é a bloomin’onion, cebola gigante empanada servida com molho picante (R$ 49,90, para até quatro pessoas). Outro motivo das filas na porta são as carnes grelhadas. Para duas pessoas, a jackaroo ribs and steak (R$ 79,00) combina costela de porco defumada ao molho barbecue e um corte de filé-mignon de 220 gramas coberto por manteiga com um toque de limão. A última novidade é uma sobremesa: a banana cobbler (R$ 22,50), compota quente de banana envolta numa camada de farofa de biscoito com sorvete de creme, calda de caramelo e noz-pecã. As três unidades da capital agora oferecem também nos fins de semana e feriados, das 17h às 19h, uma happy hour com bebidas alcoólicas com 50% de desconto. Shopping Pátio Savassi, ☎ 3288-3768 (250 lugares). 12h/23h (sex. e sáb. até 0h). Mais dois endereços. Aberto em 2008. $$

Continua após a publicidade

Parrilla del Mercado
Fica em um espaço próprio no Mercado do Cruzeiro. Antes de partir para as carnes, a clientela pode petiscar o palmito pupunha grelhado e polvilhado com parmesão (R$ 34,00) ou a provoleta (R$ 18,00). As entradas são boas companhias para a caipirinha de vodca nacional (R$ 19,00). Em seguida, podem vir as receitas preparadas com cortes importados do Uruguai, caso do bife parrilleiro ao molho de vinho (R$ 73,00). Rua Ouro Fino, 452, loja 14, Cruzeiro, ☎ 3225-5507 (400 lugares). 11h/23h (dom. e feriados 11h/18h; fecha seg.). Aberto em 1997. $$$

Parrilla del Pátio
Ocupa um amplo espaço próprio no 3º piso do Shopping Pátio Savassi. Carro-chefe, o bife parrilleiro consiste em contrafilé regado com molho de vinho (R$ 70,00, para duas pessoas). Sugere-se como acompanhamento o arroz com brócolis (R$ 17,00) ou a batata assada ao creme de roquefort (R$ 22,00). Ainda para dois clientes, tem picanha (R$ 70,00) e galeto semidesossado (R$ 47,00). Para beliscar, a linguiça de lombo e a salsicha recheada com mussarela são boas pedidas (R$ 16,00 cada uma). Shopping Pátio Savassi, ☎ 3288-3181 (255 lugares). 11h/23h30 (dom. e feriados até 21h). Aberto em 2006. $$

Parrilla del Sol
O uruguaio César Padilla reuniu no cardápio tentações típicas de seu país, preparadas com matérias-primas importadas de lá. As carnes são das linhas hereford e angus, como o bife de tira, feito com o miolo da picanha (R$ 98,00, para duas pessoas). Bons acompanhamentos são o
arroz biro-biro (com bacon, ovo, cebola e batata palha) e a farofa de ovo dudabella (homenagem à filha do proprietário), composta de farinhas de mandioca e panko mais cebola, tudo refogado na manteiga. Um dos doces para finalizar é uma versão do petit gâteau com doce de leite da marca uruguaia Conatrole (R$ 26,00), que vem com sorvete de creme. Avenida Quinta Avenida, 620, Vale do Sol, Nova Lima, ☎ 3541-4627 (80 lugares). 18h/0h (sex. e sáb. 12h/0h; dom. e feriados 12h/17h; fecha seg. e ter.). Aberto em 2013. $$

Parrilla Porteña
O salão próprio separa o restaurante de outros estabelecimentos em uma das praças de alimentação do shopping. As carnes nobres predominam no cardápio, mas também há opções como a truta grelhada com salada light, de palmito, tomate, alfaces crespa e roxa, cebola e rúcula (R$ 65,90). Para duas pessoas, o medalhão de filé-mignon ao molho madeira vem com duas guarnições, como arroz branco ou com brócolis, batata sautée e polenta frita (R$ 124,90). Outra alternativa para uma dupla de clientes, o filé à parmigiana chega à mesa com arroz e purê de batatas (R$ 128,90). BH Shopping, ☎ 3286-1656 (200 lugares). 11h30/22h30. Aberto em 1991. $$

Tchê Parrilla
A casa busca reproduzir uma típica parrilla uruguaia. As carnes da raça angus são importadas do país vizinho, caso do assado de tira (R$ 78,00, 400 gramas) e do ancho com hueso (R$ 137,00, 650 gramas), alguns dos mais pedidos. Afora o angus, há alguns cortes da raça japonesa wagyu, como bife de chorizo e bife ancho (R$ 134,00 cada um, com 350 gramas). Para acompanhar, a farofa uruguaia leva cebola, ovos, pimentão, abacaxi e cheiro-verde (R$ 21,00, para dois). A sugestão de sobremesa também homenageia o país sul- americano: panqueca de doce de leite uruguaio (R$ 15,00). Rua Oriente, 246, Serra, ☎ 3889-7005 (92 lugares). 18h/0h (sexta. e sáb. a partir de 12h; dom. 12h/17h; fecha seg.). Aberto em 2014. $$$

Vitelo’s
Com ambiente com certa sofisticação e uma agradável varanda nos fundos, o restaurante serve entradas como o queijo de minas derretido na chapa (R$ 23,00). Carro-chefe da casa, a fraldinha (R$ 96,00) traz 750 gramas de carne e satisfaz até três pessoas. Por mais R$ 28,00, a farofa de ovo acompanha a pedida. Os clientes podem compor o próprio prato, escolhendo um corte de carne de preferência — as opções incluem o prime rib (R$ 82,00, para dois) e o bife ancho (R$ 78,00, para dois) — e as guarnições à parte. Entre elas figuram o arroz com alho (R$ 24,00) e a batata assada com molho gorgonzola (R$ 25,00). Rua Carvalho de Almeida, 398, Cidade Jardim, ☎ 3287-7802 (230 lugares). 12h/16h (sex. 12h/0h; sáb., dom. e feriados 12h/17h30).Aberto em 1985. $$

 

CARNES/RODÍZIO

Porcão
O rodízio (R$ 125,00) inclui até trinta sugestões saídas da churrasqueira, como o novo corte butchersteak (parte nobre da alcatra). A casa está lançando drinques para harmonizar com o churrasco. Um deles é composto de bourbon infusionado com bacon, esfera de gelo defumada, xarope de mel e um ramo de alecrim queimado (R$ 30,00). O bufê com frutos do mar oferece camarão em variadas receitas (empanado, com catupiry, alho e óleo, entre outras), além de opções da cozinha japonesa, carpaccios, saladas, massas e risotos. Avenida
Raja Gabaglia, 2671, São Bento, ☎ 3293-8787 (200 lugares). 12h/15h30 e 18h30/23h30 (sex. e sáb. 12h/0h; dom. 12h/18h; fecha seg.). Aberto em 2003. $$$

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)