Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Novo ‘X-Men’ é o projeto mais ambicioso da franquia, diz produtor

Longa dirigido por Bryan Singer teve um investimento de mais de 200 milhões de dólares e é um dos mais caros já produzidos pela Fox

Por Da Redação 9 abr 2014, 16h28

O filme X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido chega aos cinemas apenas em maio deste ano, mas já é considerado o mais caro e ambicioso de toda a franquia. “Nós não usamos armas, usamos poderes. E os poderes são frutos de efeitos visuais. Então, naturalmente, será caro”, afirmou a produtora Lauren Schuler Donner, que trabalhou em todos os longas da série, em entrevista à revista Entertainment Weekly.

O elenco recheado de estrelas e o investimento em computação gráfica no novo X-Men custaram mais de 200 milhões de dólares aos estúdios da 20th Century Fox. “Eu acho que é o maior filme feito pela Fox que não foi dirigido pelo James Cameron”, afirmou o produtor e roteirista do longa, Simon Kinberg.

Leia também:

Fox anuncia novo ‘X-Men’ para 2016

Jennifer Lawrence nua: uma mutante globeleza em ‘X-Men’

De acordo com uma publicação do site do jornal canadense The Calgary Harold, de novembro de 2013, o filme dirigido por Bryan Singer perde apenas de Avatar entre os mais caros já produzidos pela Fox. O custo de produção estimado para Avatar foi de 237 milhões de dólares.

X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido, que estreia em 22 de maio no Brasil, se passa em um futuro distante, em que os mutantes são caçados pelos Sentinelas, robôs gigantes criados por Bolívar Trask (Peter Dinklage). Para evitar que todos sejam aniquilados, Wolverine (Hugh Jackman) é enviado para o passado, por volta dos anos 1970, para pedir ajuda aos então jovens professor Xavier (James McAvoy) e Magneto (Michael Fassbender), para que juntos possam mudar o futuro.

Continua após a publicidade
Publicidade