Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Novo mural em São Paulo homenageia cultura e imigração japonesas

De autoria de Eduardo Kobra, a arte ficará no bairro da Vila Madalena

Por Sabrina Brito Atualizado em 15 jul 2021, 12h20 - Publicado em 15 jul 2021, 12h08

Na noite desta quinta-feira, 15, o muralista Eduardo Kobra inaugurará na cidade de São Paulo uma nova peça em homenagem à presença japonesa no Brasil. O mural, de 4,5 metros de altura por 30 metros de comprimento, foi pintado no Beco do Batman, na Vila Madalena.

O trabalho foi iniciado há duas semanas e referencia a imigração japonesa para o Brasil, processo que começou há 113 anos. O mural consiste em três carpas, uma do tipo Koi (de preço bastante alto), uma com o formato de origami e outra com uma mancha avermelhada que lembra a bandeira do Japão pintada em sua cabeça, e será revelado às 22 horas.

Segundo Eduardo Kobra, a carpa mais cara representa as grandes contribuições do Japão ao mundo, como no campo da tecnologia, enquanto a de origami simboliza a delicadeza e o trabalho manual, marcantes na cultura japonesa.

De acordo com o artista, os peixes, conhecidos por sua longevidade, simbolizam a resistência dos japoneses e dos imigrantes em geral. “Ao mesmo tempo em que celebro a presença japonesa no Brasil, com seus cerca de dois milhões de descendentes, quero mostrar, em tempos de tanta intolerância, a contribuição que os vários povos e culturas trouxeram e trazem para as nações”, afirma.

Continua após a publicidade
Publicidade