Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

No aniversário de 80 anos, Cristo Redentor fica atrás das nuvens

Neblina altera programação, mas público comparece às comemorações no Corcovado. Show no Aterro do Flamengo tem expectativa de atrair 50 mil

Por Da Redação 12 out 2011, 18h08

O céu nublado escondeu o Cristo Redentor na manhã desta quarta-feira, dia em que uma série de atividades marca as comemorações do aniversário de 80 anos do monumento. Desde as 8h, visitantes chegavam ao Corcovado para receber a bênção do vigário episcopal da região do Centro, padre José Landares, e assistir à missa celebrada pelo arcebispo do Rio dom Orani Tempesta. O prefeito Eduardo Paes passou pelo local.

Dois bolos, um com a imagem de Cristo e outro com a do Papa Bento XVI, foram servidos ao final do evento. Também estava prevista uma perfomance da esquadrilha da fumaça, cancelada pela falta de visibilidade nos arredores do Cristo Redentor.

As comemorações prosseguem na noite desta quarta-feira. A partir das 18h, um show no Aterro do Flamengo com cerca de 30 artistas deve atrair mais de 50 mil pessoas, segundo a expectativa dos organizadores. A abertura será com a música Ave-Maria, mas o repertório é eclético, indo da bossa nova ao funk.

Entre os artistas convidados, estão Sandy, Zeca Pagodinho, Miúcha e a dupla de funkeiros Buchecha e DJ Marlboro. Eles terão a companhia de um coral de 500 vozes, regido pelo maestro Ueslei Banus. Também haverá apresentações das escolas de samba Mangueira e Beija-Flor, além de uma atração internacional, a jazzista americana Stacey Kent.

Continua após a publicidade

Publicidade