Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

NatGeo lança documentário ecológico que reduz consumo de energia da TV

Nova tecnologia oferece resolução que pode diminuir em até 54% o consumo de energia das televisões

Por Estadão Conteúdo 19 dez 2018, 16h16

A National Geographic (NatGeo) lançou no último domingo o documentário Os EUA e as Mudanças Climáticas do Planeta com uma novidade: a resolução utilizada permite diminuir a quantidade de energia consumida pela televisão enquanto se assiste ao filme, através de uma tecnologia denominada Green Definition.

Segundo a plataforma, a resolução tem a capacidade de diminuir em até 54% a energia utilizada em algumas televisões e é um lançamento inédito na América Latina.

  • O filme mostra o debate sobre o futuro energético dos Estados Unidos desde que o presidente Donald Trump anunciou a saída do Acordo de Paris, cujo objetivo é minimizar as consequências do aquecimento global. O impacto socioeconômico dos desastres naturais, que são gerados por causa da mudança climática, também são apresentados na produção de Sidney Beaumont e Michael Bonfiglio.

    ‘Green Definition’

    Os televisores utilizam entre 5% e 8% da eletricidade residencial do mundo, produzindo 27 megatrons de emissões de dióxido de carbono, segundo a ONG Implementação de Equipes e Aparelhos Supereficiente, (SEAD na sigla em inglês).

    Pensando nisso, a NatGeo desenvolveu a Green Definition, um filtro que desliga a metade dos pixels da televisão ligada, sem que o espectador precise fazer qualquer ajuste para poupar energia — a própria definição da imagem, ligeiramente menos brilhante, é responsável pela economia.

    Continua após a publicidade
    Publicidade