Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Morte de Tom Petty, aos 66 anos, é confirmada por empresário

Petty esteve em turnê durante 2017 para comemorar os 40 anos de carreira junto à banda de acompanhamento The Heartbreakers

Por Da redação Atualizado em 3 out 2017, 09h46 - Publicado em 3 out 2017, 08h44

O cantor americano Tom Petty, de 66 anos, teve a sua morte, nesta segunda-feira, confirmada pelo empresário e porta-voz da família, Tony Dimitriades. O músico sofreu um ataque cardíaco no dia anterior, foi encontrado inconsciente em casa, em Malibu, na Califórnia, e levado ao hospital Santa Monica. Ele chegou a ter a pulsação resgatada pelos médicos do serviço de emergência, mas não resistiu. Segundo Dimitriades, Petty morreu rodeado de amigos, familiares e companheiros da sua famosa banda The Heartbreakers.

A notícia da morte veio horas depois de a polícia de Los Angeles retificar uma informação inicial do falecimento, que se revelou errada e que tinha sido divulgada pela mídia. Segundo o site de celebridades TMZ, Tom Petty foi conectado a sistemas de suporte vital no hospital. Depois, no entanto, quando se comprovou a inatividade cerebral, os aparelhos foram desligados.

  • Petty, de 66 anos, era uma figura fundamental do rock americano, graças a discos memoráveis como Tom Petty & the Heartbreakers (1976), Damn the Torpedoes (1979), Full Moon Fever (1989) e Wildflowers (1994).

    O artista recebeu neste ano o prêmio de Pessoa do Ano da Academia da Gravação dos EUA como parte dos eventos prévios à cerimônia de premiação do Grammy, e era membro, desde 2002, do Hall da Fama do Rock and Roll. Petty esteve em turnê durante 2017 para comemorar os 40 anos de carreira junto à banda de acompanhamento The Heartbreakers.

    (Com agência EFE)

    Continua após a publicidade
    Publicidade