Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Morre o escritor japonês Akiyuki Nosaka, de ‘Túmulo dos Vagalumes’

Livro do autor inspirou o filme de mesmo nome lançado em 1988 pelo Studio Ghibli

Por Da Redação 10 dez 2015, 10h48

O escritor japonês Akiyuki Nosaka, autor do relato parcialmente biográfico Túmulo dos Vagalumes, premiado e adaptado para o cinema de animação pelo Studio Ghibli, morreu aos 85 anos nesta quarta-feira.

Leia também:

Hayao Miyazaki encerra série de filmes fantásticos com ‘Vidas ao Vento’

‘O Conto da Princesa Kaguya’ é uma deliciosa e melancólica aventura de cores de aquarela

Nascido em 1930 em Kamakura, ex-capital imperial situada em Kanagawa, perto de Tóquio, Nosaka perdeu a mãe pouco depois e os pais adotivos durante os bombardeios da Segunda Guerra Mundial, em 1945. A experiência trágica do conflito inspirou Túmulo dos Vagalumes (Hotaru no Haka, no original), uma terrível história de dois órfãos durante a guerra.

A obra venceu em 1967 o prestigioso prêmio Naoki e em 1988 foi adaptada para o cinema por Isao Takahata, que criou o Studio Ghibli com Hayao Miyazaki, diretor de filmes como A Viagem de Chihiro (2001) e O Castelo Animado (2004).

Akiyuki Nosaka também é o compositor de uma canção conhecida por todas as crianças japonesas, Omocha no Chachacha.

(Com agência France-Presse)

Continua após a publicidade
Publicidade