Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Morre o diretor japonês Kōji Wakamatsu

Ele havia sido atropelado por um táxi na última sexta-feira e hospitalizado, mas não resistiu aos ferimentos. Ele tinha 76 anos

Por Da Redação 18 out 2012, 09h47

O diretor japonês Kōji Wakamatsu morreu na noite desta quarta-feira, aos 76 anos, vítima de um acidente de trânsito. Na sexta-feira, ele foi atropelado por um táxi no populoso bairro de Shinjuku e hospitalizado, mas não resistiu aos ferimentos.

Produtor do clássico O Império dos Sentidos, de Nagisa Oshima, de 1976, Wakamatsu foi premiado no início do mês no Festival Internacional de Busan, na Coreia do Sul, como diretor asiático do ano. Na ocasião, o evento exibiu alguns de seus filmes.

Wakamatsu abordava temas sensíveis, sobretudo sociais e políticos, como em United Red Army (2007), filme sobre o grupo maoísta Exército Vermelho Japonês que foi premiado no Festival de Berlim. “Sou um diretor independente, que enfrenta o sistema imperante no Japão. Você deve fazer filmes que saem do coração, não os que as pessoas querem que faça”, declarou no Festival de Busan.

Em 2010, ele concorreu ao Urso de Ouro no Festival de Berlim com o longa Caterpillar. Em maio deste ano, seu filme 11.25 Jiketsu No Hi, Mishima Yukio To Wakamono-tachi competiu na mostra Un Certain Regard no Festival de Cinema de Cannes.

(Com agência France-Presse)

Continua após a publicidade

Publicidade