Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Morre ator Paulo Silvino, aos 78 anos, no Rio de Janeiro

Humorista da Rede Globo interpretava o porteiro Severino no programa Zorra Total

Por Da redação Atualizado em 17 ago 2017, 18h59 - Publicado em 17 ago 2017, 11h01

O ator Paulo Silvino morreu nesta manhã, no Rio de Janeiro. Seu filho João Paulo Silvino lamentou o acontecido em uma postagem no Facebook com a foto do humorista. Paulo ficou conhecido por seus papéis na Rede Globo, como Escolinha do Professor Raimundo, de 1993 a 1995, e mais recentemente no programa Zorra Total, no qual interpretou o porteiro Severino.

Paulo Silvino lutava contra um câncer no estômago desde 2016, e estava afastado da TV. De acordo com a Central Globo de Comunicação, ele estava em casa, na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio.

Paulo deixa três filhos, entre eles, Flávio Silvino, ator e cantor, que sofreu um acidente de carro em novembro de 1993, que lhe deixou em coma durante três meses. Sete anos depois, o ator ainda participou da novela Laços de Família, seu último trabalho.

Vida e obra

Paulo Silvino nasceu no Rio de Janeiro, no dia 27 de julho de 1939. Filho do comediante Silvério Silvino Neto, o ator cresceu no teatro. Aos 20 anos, lançou um LP de samba, junto com Altamiro Carrilho, Durval Ferreira e Eumir Deodato, intitulado Nova Geração, em que interpretava a maioria das músicas, sob o nome de Silvino Junior. Na sua carreira artística, compôs e interpretou músicas e escreveu e atuou em peças e filmes. Passou pelas extintas TVs Tupi, Continental, Rio e Excelsior. O ator estreou na Rede Globo em 1967, em TV Ó – Canal Zero.

Participou ao longo dos anos de vários programas de humor da Globo: Faça Humor Não Faça Guerra, Satiricon, O Planeta dos Homens, Balança Mas Não Cai, Viva o Gordo, Brasil Pandeiro, Cassino do Chacrinha e os já citados Escolinha do Professor Raimundo e Zorra Total.

Continua após a publicidade

No SBT, onde atuou entre 1989 a 1992, participou de quadros na Praça É Nossa e na Escolinha do Golias.

De volta à Globo, o humorista integrou o elenco do Zorra Total, em que interpretou personagens como o mulherengo Alceu e o policial Fonseca. Também participou de diversos filmes ao longo da carreira como Sherlock de Araque (1957), Minha Sogra é Policia (1958) e Um Edifício Chamado 200 (1973).

 

 

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)