Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Morre, aos 75 anos, o diretor teatral Fernando Peixoto

Por Da Redação 15 jan 2012, 16h59

Por AE

São Paulo – Morreu hoje, aos 75 anos, o diretor teatral Fernando Peixoto. Vítima de um câncer no intestino, ele estava internado no hospital São Luiz, em São Paulo, desde dezembro. Em comunicado, o ministro interino da Cultura, Vitor Ortiz, lamentou a morte do diretor. “O Brasil acaba de perder um dos maiores pensadores de teatro, o diretor, ator, escritor e professor Fernando Peixoto. Suas reflexões sobre o teatro internacional e sua contribuição ao teatro brasileiro na segunda metade do Século 20 foram fundamentais”, disse Ortiz na nota de pesar publicada no site do Ministério.

Peixoto foi ligado ao Teatro Oficina. Como ator, participou de filmes como “O Beijo da Mulher Aranha”, de Hector Babenco, em 1984, e “Faca de Dois Gumes”, de Murilo Salles, em 1988. O corpo está sendo velado hoje no cemitério Vila Mariana e será cremado amanhã às 11 horas no crematório Vila Alpina. Nascido em Porto Alegre, Fernando Peixoto é autor de obras vinculadas às concepções brechtianas e foi membro do comitê central do Partido Comunista do Brasil.

Publicidade