Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Morador de rua processa Eminem em US$ 9 milhões

Stephen Lee Pieck diz que conversou com o rapper e lhe deu toda ideia para um comercial de montadora

Por Da Redação 3 fev 2012, 09h41

No ano passado, a montadora Chrysler gastou 9 mihões de dólares para criar o comercial mais caro da história, estrelado pelo rapper Eminem e veiculado no Super Bowl, a final do campeonato do futebol americano nos Estados Unidos. Agora, um homem chamado Stephen Lee Pieck, que diz ser morador de rua, está reivindicando direitos autorais pelo comercial. As informações são do site Allhiphop.

“Eu quero que a corte me reembolse em 9 milhões de dólares. Eu criei o comercial e ele foi roubado de mim. Eu não recebi nada pelo meu trabalho”, diz Pieck no processo, escrito a mão por ele.

A história não para por aí. Pieck alega que deu a ideia a Eminem durante um jantar com Christina Aguilera e seu então marido Jordan Bratman, em um restaurante novaiorquino em 2010. Segundo o morador de rua, a cantora ligou para Eminem e passou o telefone a Pieck, que então conversou com o rapper e lhe deu toda a ideia para o comercial da montadora.

Continua após a publicidade
Publicidade